Banner Educar


Pistoleiro executa tatuador e deixa adolescente baleado em Parauapebas

Pistoleiro executa tatuador e deixa adolescente baleado em Parauapebas

O tatuador Wemerson Rodrigues de Albuquerque, 20 anos de idade, foi executado com cerca de seis tiros de pistola 9mm, e um adolescente de 17 anos de idade, identificado como Fabrício do Carmo Portilho Franco, foi baleado. O caso foi registrado no interior da casa de aluguel em que eles moravam há pelo menos três dias. De acordo com informações, na hora do ocorrido, a vítima fatal se encontrava na sala da casa que fica localizada na rua Tocantins, 115, bairro Liberdade I, em Parauapebas.

O crime aconteceu por volta das 23h40, de sexta-feira (13), quando o tatuador que era deficiente físico se encontrava na sala da casa de dois cômodos na frente de um computador.
Além dele, haviam na casa outras três pessoas, incluindo uma mulher e uma criança que eram seus vizinhos, momento em que teria chegado ao local um homem de capacete que teria atirado em Wemerson na presença da mulher e da criança.

Em ato continuo, ainda segundo informações da Polícia, antes de deixar o local, o pistoleiro se dirigiu até ao quarto e atirou no adolescente que se encontrava deitado.

Ainda de acordo com as informações, após descarregar a pistola, o assassino que teria chegado ao local em uma moto tipo FAN, cor preta, com uma mulher na garupa, deixou o local tomando rumo ignorado. Baleado, o adolescente correu, vindo a cair na área. Socorrido, o mesmo foi encaminhado para o Hospital Municipal de Parauapebas, onde se encontra internado. Já o tatuador que segundo informações tinha várias passagens pela polícia, morreu instantaneamente no local.

 

Reportagem: Caetano Silva / Correspondente policial do Portal Pebinha de Açúcar

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!