Publicidade

Políticos aproveitam Cavalgada FAP 2014 para se promover irregularmente

A Cavalgada da Feira de Agronegócios de Parauapebas (FAP 2014) foi uma grande oportunidade para que os candidatos a cargos públicos deste ano tivessem visibilidade, mas a exposição de faixas e cartazes em lugares públicos de forma irregular caracteriza crime eleitoral, mas não pareceu que nenhum deles estava muito preocupado quanto a essas questões.

A campanha política começou oficialmente dia 6 de julho. O primeiro turno será no dia 5 de outubro e, caso haja segundo turno, no dia 26 de outubro. Mas nem toda forma de divulgação é permitida.


De acordo com Superior Tribunal Eleitoral, são permitidos cartazes móveis, cavaletes, bandeiras ao longo das vias públicas, desde que não dificultem o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos. Mas devem ser colocados e retirados diariamente, entre 6h e 22h, o que não vem acontecendo em Parauapebas.
Não é permitido colocar propaganda em postes de iluminação pública e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e árvores.

Muitos dos candidatos aproveitaram a cavalgada da FAP para ficarem conhecidos entre os eleitores, tendo em vista que a Feira de Agronegócios de Parauapebas (FAP) é uma das maiores festas do Estado do Pará e atrai cada vez mais visitantes.

O Governador do Estado do Pará Simão Jatene, que concorre à reeleição, esteve em Parauapebas, montou palanque no trajeto da cavalgada e tumultuou a PA-275 nas proximidades da rua do Comércio no bairro Rio Verde.
Houve princípio de confusão e Jatene acabou sendo vaiado por dezenas de pessoas.

Nas eleições passadas o juiz eleitoral de Parauapebas era o Dr. Líbio Moura e o mesmo fez várias ações contra crimes eleitorais à frente do órgão fiscalizador. Já nas eleições deste ano a responsável é a Juíza Adelina Luíza Moreira Silva e poucas ações contra crimes eleitorais estão sendo realizadas, e a população reclama com frequência do mau uso do espaço público.

Para fazer qualquer reclamação ou denúncia formalmente, o cidadão que se sentir lesado pode entrar em contato com o Cartório Eleitoral de Parauapebas que fica localizado na Rua C, s/n, Cidade Nova.

Reportagem: Natália Rosa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Israel Lira

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu