Publicidade

Populares sofrem com queimadas em área urbana de Parauapebas

As queimadas na área urbana do município de Parauapebas, no sudeste do estado, se tornaram mais recorrentes nas últimas semanas. Devido ao clima seco, com o vento e a baixa umidade, o fogo se alastra com mais facilidade. O problema é que as chamas são provocadas pelos próprios moradores, que ateiam fogo no mato para limpar terrenos em loteamentos.

Desde o mês passado, o Corpo de Bombeiros recebe cinco chamados por dia para apagar incêndios, especialmente em loteamentos. Para os moradores do município, existe a preocupação com a saúde. No caso de dona Maria, o trabalho é dobrado na limpeza das louças e cômodos. A fuligem rapidamente se alastra pela casa.

Saraiva publicidade

A área urbana da cidade é marcada pela fumaça, e é principalmente no final da tarde que é possível observar os focos de incêndio. A preocupação dos bombeiros é que não há uma preparação antecipada para fazer a queima e o fogo foge do controle. “Vegetação seca, mais a temperatura elevada, fica propício para o início de um incêndio”, afirma o sargento Paulo Batista.

A meteorologia prevê que, até setembro, o clima ainda deve permanecer bastante seco na região. Os bombeiros alertam para os cuidados que devem ser tomados por quem insiste em usar o fogo para limpar os terrenos. “A gente recomenda não fazer uso do fogo, e se for fazer, faça uma contenção”, diz Batista.

Fonte: G1-PA

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu