Publicidade

Prefeitura assina convênio para construção de 500 unidades habitacionais

Uma parceria entre a Prefeitura de Parauapebas, Fundação Vale e Fundação Bento Rubião vai realizar um projeto piloto que visa construir 500 unidades habitacionais melhoradas.

O convênio foi assinado no início da noite desta quarta-feira (14) em solenidade ocorrida no auditório da Prefeitura. “Não admito puxadinho! Construir casas com qualidade e melhorar os projetos que estamos acostumados a ver, dando garantia de qualidade de vida às famílias, são objetivos desse projeto piloto”, justificou o prefeito Valmir Mariano, ressaltando a importância da parceria no projeto e o orgulho de sediar o primeiro desse tipo no Brasil.


Andreia Rabetim, da Fundação Vale, explicou que o projeto piloto constitui-se da construção de 500 unidades habitacionais, através do Programa Minha Casa Minha Vida/Entidades, que dispõe sobre as operações com recursos transferidos ao Fundo de Desenvolvimento Social (FDS).

Neste projeto serão aplicados critérios adicionais constantes da cartilha Selo de Qualidade Urbana, desenvolvida em parceria celebrada entre Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Fundação Vale, Instituto Casa e Fundação Centro de Defesa dos Direitos Humanos Bento Rubião.

A representante da Fundação Vale explicou ainda que a cidade de Parauapebas foi escolhida para sediar o projeto piloto porque “a Vale valoriza as cidades onde atua e também contou com a atenção e determinação da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), na pessoa da secretária Maquivalda Barros, para abraçar a ideia”.

Por sua vez, a gestora da Sehab falou do desafio de atender um município com altos índices de crescimento populacional e consequentemente com grande demanda por habitação.

Só em 2013, em 9 meses de cadastramento foram registradas cerca de 6 mil famílias em busca da casa própria. “Esse convênio que está sendo assinado hoje para construção de 500 unidades vai ajudar muito no atendimento a essa demanda”, declarou Maquivalda Barros.

As unidades habitacionais do projeto piloto serão construídas às margens da Rodovia Municipal Faruk Salmen, ao lado do Residencial Vale do Sol, que também está em construção. As obras das 500 casas devem ser iniciadas ainda este ano.

Reportagem: Eliane Andrade
Fotos: Bariloche Silva

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu