Publicidade

Presidente do Siproduz avalia como positivo o resultado da Fap

“A cada ano a gente vem se esforçando para corrigir os erros. A feira é um evento grande, por isso é cheia de detalhes e envolve muitas pessoas. Então, querendo ou não, sempre aparece algo para resolver, mas a diretoria e demais parceiros se empenharam para evitar que erros acontecessem”, afirmou João Barreto, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz), reconhecendo com humildade que vem aprendendo a cada ano com os erros para poder consertar.

Toda a direção do Siproduz trabalhou para fazer acontecer a 14ª Feira de Agronegócios de Parauapebas (Fap), ocorrida entre os dias 5 e 9. A Fap foi recheada de eventos, entre eles a Feira da Catira e Torneio Leiteiro e Rodeio, além de shows de diversos artistas, escolha da Rainha e Princesas e a ação Fap Cidadania, que agradaram a população.

Saraiva publicidade

João Barreto qualifica a participação do público como “satisfatória”, superando as expectativas, apesar da chuva. Outra avaliação positiva feita pelo presidente da entidade organizadora do evento foi não ter ocorrido nenhum incidente grave.

O leilão também foi um ponto importante e garantiu bons resultados para os que compraram ou venderam, e ainda para o Siproduz. Além do leilão, o volume de negócios nos estandes de equipamentos e barracas surpreendeu tanto o sindicato quanto aos que, mais uma vez, apostaram na Fap.

 

“A gente está satisfeito pelo que ouvimos dos barraqueiros, dos ambulantes, dos donos de concessionárias, dizendo-se satisfeitos com os resultados obtidos através de visitações nos estandes, bem como os que trouxeram animais para a exposição, pois tiveram boas vendas”, detalha João Barreto, citando ainda o sucesso do leilão que vendeu todos os animais postos à comercialização.

Para Barreto, o maior lucro da feira foi o aprendizado que surge ao desafiar cada dificuldade e ao corrigir cada erro. “Nosso principal desafio era superar o sucesso que foi a feira do ano passado, mas, graças a Deus, conseguimos”, conclui João Barreto.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu