Banner Educar


Preso em Marabá suspeito de ser chefe de crime organizado

Preso em Marabá suspeito de ser chefe de crime organizado

João da Cruz Gomes, preso em Marabá, pode ser a “ponta da miada” para desmantelar uma quadrilha especializada em assalto a bancos.
O suspeito, que usa identidades falsas, estava em um ônibus com destino a Pernambuco, para onde cooptava pessoas, principalmente, das cidades de Eldorado do Carajás e Redenção, com o objetivo de formar novos integrantes de roubo a agências bancárias.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil à equipe de reportagens, João da Cruz é um velho conhecido da polícia do Piauí, Tocantins, Marabá e outros estados, e já foi autuado em Parauapebas por tráfico e uso de documentos falsos.

“Ele está envelhecendo no crime. Sempre usando diversos nomes falsos”, informou a Polícia Civil, declarando que um dos nomes falsos usados por ele é Cleyton Rubens Damasceno Brito. O serviço de inteligência da polícia, através dos papiloscopistas, está trabalhando no sentido de identificar outras identidades falsas.

 

Desta vez “deu ruim” para João da Cruz, pois sua prisão se deu na tarde desta quarta-feira (18), coincidentemente no dia de seu aniversário, na rodoviária do km 6 em Marabá.

Após a prisão do suposto “chefe” formador de bando, foi descoberto que os demais parceiros do crime iriam nesta quinta-feira (19) ao destino onde se organizariam para executar os planos criminosos.

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!