Processo administrativo disciplinar é instaurado contra Francisca Ciza

Processo administrativo disciplinar é instaurado contra Francisca Ciza

Não é só na Câmara Municipal de Parauapebas que Francisca Ciza enfrenta a instabilidade de se manter no cargo de vereadora que ocupa. No âmbito da rede municipal de ensino, onde é servidora pública concursada na função de professora, ela também está enfrentando problema que se apresenta com o nome de Processo Administrativo Disciplinar (PAD).

De acordo com o processo administrativo, a servidora está sendo investigada com base nos incisos III e VIII do Artigo 180,  e 182 § 1º da Lei 4.231/02, que trata do acúmulo ilegal de cargo público, fato que deve ser apurado pela comissão composta por três servidores nomeados pelo prefeito Darci Lermen.

A comissão ficou assim composta:

Presidente, Andréia Patrícia de Paula; e os membros Noemea Rodrigues da Rocha e Aparecida Alves Paula.

Na Câmara Municipal de Parauapebas, onde ocupa o cargo eletivo de vereadora, Francisca Ciza enfrenta as investigações feitas pela subcomissão do Código de Ética.

No Poder Legislativo, o cronômetro continua a marcar o tempo em que a vereadora Francisca Ciza, alvo de denúncia recente, permaneça na cadeira naquela Casa de Leis, ou seja penalizada por improbidade administrativa, como foi noticiado AQUI pelo Portal Pebinha de Açúcar.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!
Portal Pebinha de Açúcar 11 anos | Você merece o melhor conteúdo!
toggle