Publicidade

Secretaria de Saúde volta atrás e afirma que UPA continuará no Cidade Jardim

Como foi noticiado AQUI no Portal Pebinha de Açúcar, no final do ano passado a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), tinha como projeto mudar a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA), que funciona no Bairro Cidade Jardim para outro local, onde funciona a Policlínica do Bairro Jardim Canadá.

A notícia da mudança de local da UPA pegou muita gente de surpresa e caiu como uma “bomba” no colo de usuários que não aceitaram a mudança, como foi noticiado AQUI.


Anteontem, o Portal Pebinha de Açúcar noticiou AQUI que populares estavam organizando uma manifestação para ser realizada na manhã da próxima segunda-feira (14) nas dependências da UPA do Cidade Jardim, para pressionar o Governo Municipal para que a mudança não fosse realizada.

Em uma enquete postada na Fanpage do Portal Pebinha de Açúcar, grande maioria da população se declara contra a mudança.

Prefeitura se manifesta e muda de ideia

Durante a manhã desta quinta-feira (10), a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Parauapebas (Ascom), encaminhou nota ao Portal Pebinha de Açúcar, afirmando que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que funciona no Cidade Jardim, não mudará de endereço, veja na íntegra abaixo:

“A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa aos usuários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro Cidade Jardim que não haverá mudança de local da unidade de saúde. A UPA continuará funcionando na mesma localidade, 24 horas por dia, sete dias da semana.

O Governo municipal reitera que os serviços ofertados na unidade serão mantidos, sendo assim, garantindo saúde, bem-estar e qualidade de vida aos usuários.

Portanto, podendo resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão, febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso, ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais.

As UPAs fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências”.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu