Publicidade

Sem pudor, alunos presenciavam abusos de professor dentro da sala de aula

Foto: Ilustração

O número de vítimas do professor Dailson de Jesus Freitas Viana pode ser ainda maior, segundo a conselheira tutelar que recebeu a denúncia, Gardenha Martins. Ele é acusado de abusar sexualmente de pelo menos três alunas da escola onde trabalhava, em Parauapebas, como foi noticiado AQUI no Portal Pebinha de Açúcar.

O professor que faz parte da rede de educação infantil do município foi preso na manhã da última segunda-feira (19). As vítimas, segundo a Polícia Civil, eram meninas na faixa etária de oito anos.


“Em outubro nós já tínhamos recebido a primeira denúncia contra o professor. O diretor da escola foi orientado a entrar em contato com a Secretaria de Educação. Desta vez, três meninas entre 8 e 9 anos foram identificadas. Outras mães começaram a pressionar as filhas e conversar com elas, e acabaram confidenciando o que ele fazia, das ameaças que sofriam”, revela a conselheira tutelar.

Foto do acusado (divulgação)

 

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) não confirmou o afastamento definitivo do docente, mas informou que foi aberto um Processo Administrativo Disciplinar para apurar o caso. A secretaria também informou que está fornecendo apoio psicológico as vítimas. O suspeito continua preso.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu