Publicidade

Sessão solene em homenagem ao Dia Círculo de Oração será realizada em Parauapebas

Durante a manhã desta terça-feira (19), o vereador Marcelo Parcerinho (PSC), apresentou em sessão ordinária na Câmara Municipal de Parauapebas (CMP) o requerimento de número 01/2019, requerendo à mesa diretora daquela Casa de Leis a realização de uma sessão solene.

De acordo com Parcerinho, a sessão será em homenagem ao Dia Municipal do Circulo de Oração, grupos de mulheres que existem em várias igrejas evangélicas.


Sobre o Dia Mundial do Circulo de Oração

De autoria do vereador Marcelo Parcerinho (PSC), foi aprovado por todos os parlamentares presentes na sessão da Câmara Municipal de Parauapebas no dia 16 de outubro de 2018 o Projeto de Lei n° 49/2018, que institui no calendário oficial do município o “Dia do Círculo de Oração”, para ser comemorado anualmente em 6 de março.

A proposição estabelece ainda que, na referida data, as igrejas comemorarão com festividades recreativas, estudos bíblicos, orações, assistencialismo, entre outros.

De acordo com a justificativa do projeto, o dia 6 de março de cada ano marca a data de fundação do “Círculo de Oração”, considerado uma das maiores reuniões das Assembleias de Deus no Brasil, criada pela senhora Albertina Bezerra Barreto, em Recife (PE), no ano de 1942. Desde então, o trabalho iniciado por essa senhora ultrapassou as barreiras geográficas e tornou-se uma prática comum em quase todas as igrejas pentecostais do Brasil.

Ainda na justificativa da proposição, Parcerinho relatou que a matéria é uma maneira de reconhecer os trabalhos desenvolvidos pelas igrejas do município, além de ser uma plataforma de sustentação às congregações com oração e ajuda espiritual.

“A existência de um dia dedicado inteiramente ao Círculo de Oração tem o objetivo de reunir cada vez mais fiéis em torno das orações que levem os homens à paz, além de propiciar maior significado às intercessoras que buscam em oração pelos mais diversos motivos: problemas conjugais, familiares, drogas, proteção das autoridades, entre outros, além de realizarem trabalhos em prol de comunidades carentes, onde arrecadam alimentos e realizam bazares e trabalhos assistencialistas nos bairros mais necessitados”, relatou.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu