Publicidade

Simão Jatene lidera no Instituto Sensus, com 37,9%

A Pesquisa Instituto Sensus, encomendada pelo Jornal O LIBERAL, aponta que se as eleições para o governo do Pará fossem hoje, Simão Jatene (PSDB) venceria o primeiro turno com 37,9% das intenções de voto, na estimulada. Helder Barbalho (PMDB) ficaria em segundo lugar, com 36,9% dos votos.

Na sequência aparecem os nomes de Zé Carlos do PV, com 1,1%; Marco Carrera (PSOL), com 1%; Marco Antônio (PCB), com 0,9%; e Elton Braga (PRTB), com 0,6%. Os indecisos somam 15,3% e os que responderam votar em branco ou nulo chegam a 6,3%.


A sondagem ainda revela que Simão Jatene seria reeleito governador do Pará na simulação do segundo turno, com 40,5% das menções de voto. Helder Barbalho ficaria em segundo lugar, com 38,8% das intenções. O percentual dos que ainda não decidiram o seu voto é de 13,7%, enquanto os que vão votar branco ou nulo é de 7%.

O levantamento ainda traz a avaliação da administração do governador Simão Jatene. Para 45% dos eleitores, o governo é avaliado como bom/ótimo; outros 23,9% disseram ser regular; enquanto 28,5% respondeu ser ruim/péssimo. Não sabem ou preferiram não responder somam 2,4% dos entrevistados.

A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 27 de agosto, com 1.000 eleitores, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) sob o número PA-00006/2014. A margem de erro é de 3,1% para mais ou para menos.

Presidência
Na pesquisa de intenções de voto Sensus estimulada para presidente da República, a candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na frente, com 43,3%, seguida de Marina Silva (PSB), com 21,2%; e Aécio Neves (PSDB), 12,4%. O Pastor Everaldo tem 3%, enquanto Eudardo Jorge, Luciana Genro, Eymael, Levy Fidelix, Mauro Iasi e Zé Maria ficam abaixo de 1%. O total de indecisos, que não souberam ou não responderam, é de 15,4%, enquanto 3,9% dos entrevistados disseram que votariam em branco ou nulo. A rejeição de Marina Silva (que não votariam nela de jeito nenhum) é de 25,9%, enquanto que a da presidente Dilma Rousseff fica em 30,1%.

No cenário para o segundo turno, entre Dilma Rousseff e Aécio Neves, Dilma teria 55,4% dos votos e Aécio, 28,6%; entre Dilma Rousseff e Marina Silva, o resultado seria 47,7% para Dilma e 40,2% para Marina; e no terceiro cenário, entre Marina Silva e Aécio Neves, a votação seria 49,6% para Marina e 24,1% para Aécio.

Senado
Na pesquisa para senador (estimulada), Paulo Rocha (PT-PMDB) aparece em primeiro lugar, com 14,9% das intenções de voto, seguido por Mário Couto, com 11,5%; e Jefferson Lima, com 10,8%. Duciomar Costa aparece com 7,9% das intenções de voto, enquanto Helenilson Pontes tem 2,1%. Do total de entrevistados, 8,2% disseram que vorariam em branco ou nulo e 38,4% não sabem ou não responderam.

Candidato tucano avança e chega a 40% das intenções de voto, diz Ibope

A segunda pesquisa de intenção de voto para o governo do Pará realizada pelo Ibope, em parceria com a TV Liberal, aponta os candidatos Simão Jatene (PSDB) e Helder Barbalho (PMDB) numericamente empatados com 40%, cada um. Em relação à primeira pesquisa do instituto no Estado, Jatene oscilou positivamente três pontos percentuais e Barbalho, dois.

Os demais candidatos – Marco Antonio (PCB), Zé Carlos (PV), Marco Carrera (PSOL) e Elton Braga (PRTB) – têm até 2% das menções, cada. O percentual de indecisos segue com a mesma margem da última sondagem (9%), assim como os eleitores com a intenção de votar em branco ou nulo (5%). Essa situação de empate entre os dois primeiros candidatos levaria, hoje, as eleições para o segundo turno.

O levantamento também indica situação de empate na pergunta espontânea, quando não há a apresentação do nome dos candidatos. Jatene e Helder aparecem com 19% das intenções de voto, cada um. Na pesquisa anterior, o tucano aparecia com 24% e o peemedebista com 22% das citações. Todos os demais candidatos são mencionados por apenas 1% dos entrevistados – um ponto percentual abaixo do índice anterior. Já a parcela de eleitores que não opina quanto à intenção de voto para governador aumentou de 43% para 55%, enquanto os que disseram votar em branco ou nulo passou de 9% para 6%.

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 27 de agosto, com 812 eleitores de 43 municípios, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) sob o número PA-00008/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo BR-00459/2014. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Senado
O candidato ao Senado Paulo Rocha (PT) aparece com 23% das intenções de voto, sete pontos percentuais a mais do que obteve na primeira medição, seguido de perto por Mário Couto (PSDB), que é mencionado por 17%, e Jefferson Lima (PP), com 13%; ambos se mantêm no mesmo patamar observado anteriormente. Duciomar Costa (PTB) tem 7%, sete pontos percentuais a menos do que obteve na primeira medição feita no Estado.

Os demais candidatos – Helenilson Pontes (PSD), Angela Azevedo (PSTU), Professor Simão (PV), Enfermeira Marcela Tolentino (SD), Renato Rolim (PCB), Pedrinho Maia (PSOL) e Eliezer Barros (PRTB) – têm até 4% das intenções de voto, cada, e permanecem no mesmo patamar. Eleitores paraenses que têm a intenção de votar em branco ou nulo são 8% e aqueles que não sabem ou não responderam somam 21%.

Na pergunta espontânea, eleitores indecisos quanto ao voto para Senador aumentaram de 54% para 79% na atual medição. O candidato Paulo Rocha tem 4% das intenções de voto, quatro pontos percentuais a menos do que o observado na primeira pesquisa. Jefferson Lima e Mario Couto são mencionados por 3% cada um, tendo uma queda de quatro e cinco pontos percentuais, respectivamente. A intenção de votar em branco ou anular o voto varia de 10% para 7%.

No entanto, apesar de constar na pesquisa, o candidato do PT está concorrendo sub judice, ou seja, a candidatura ainda está sendo avaliada e pode ser impugnada no julgamento final, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O candidato vai aparecer nas urnas no dia das eleições, e a população poderá votar nele. Os votos também serão contabilizados. No entanto, o resultado do político com candidatura indeferida com recurso não será divulgado.

Desempenho
No Pará, a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), tem 46% das intenções de voto, ao passo que Marina Silva (PSB) é mencionada por 29% dos entrevistados e Aécio Neves (PSDB), por 9%. Os demais candidatos – Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL), Zé Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Rui Costa Pimenta (PCO) – têm até 2% das menções, cada um. Eleitores paraenses que têm intenção de votar branco ou nulo são 3% e aqueles que preferem não opinar totalizam 8%.

Espontaneamente, a candidata petista é mencionada por 34% dos entrevistados, enquanto Marina Silva tem 19% das intenções de voto e o candidato do PSDB, 7%. Eleitores com a intenção de votar branco ou nulo são 4% e pouco mais de um terço (34%) prefere não opinar.

A administração do governador Simão Jatene é avaliada como regular por 46% dos entrevistados, como positiva (ótima/boa) por 29% e como ruim/péssima por 22% (queda de seis pontos percentuais em relação à pesquisa anterior no Estado). A forma como o governador vem administrando o Pará é aprovada por 52% e desaprovada por 42% (cinco pontos percentuais). (T. V.)

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu