Publicidade

Sindicato dos Servidores Públicos aceita proposta de reajuste salarial, mas estado de greve continua

Depois de quatro mesas de negociação, muita articulação nos bastidores e manifestação pública, os servidores públicos municipais representados pelo SINSEPPAR (Sindicato dos Servidores Públicos de Parauapebas), aceitaram o percentual de reajuste salarial oferecido pelo governo municipal. Na mesma assembleia, ocorrida na noite de ontem, terça-feira, 5, foi aceito ainda o novo valor do Vale Alimentação.

A confirmação foi encaminhada via ofício do sindicato para o Gabinete do prefeito Valmir Mariano, dando como aceite os 11,28% de reajuste salarial e os R$ 445 do Vale Alimentação.


Levando em conta que a data base é 1º de janeiro, o retroativo do reajuste salarial será pago em três parcelas sendo a primeira em abril, a segunda em maio e a terceira e última em junho. O parcelamento vale também para o retroativo do Vale Alimentação.

O reajuste salarial oferecido pelo governo municipal foi baseado no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Mas vários Municípios da região não seguiram este índice, reajustando bem a baixo da média deixando Parauapebas como o que deu maior reajuste aos seus servidores.

ESTADO DE GREVE CONTINUA

A Assessoria de Imprensa do Sinseppar afirmou através de nota que apesar da categoria ter aprovado o reajuste salarial, o estado de greve continua: “O Sindicato destaca que vem solicitando reabertura da mesa de negociação desde agosto de 2015, e lamentavelmente o Governo Municipal vem protelando, na busca de se beneficiar da legislação eleitoral, para restringir benefícios aos servidores públicos. O SINSEPPAR encaminhou o Ofício nº 073/2016 ao Prefeito, solicitando a reabertura imediata da Mesa de Negociação, para discussão da presente pauta, considerando que se não houver avanço nas negociações a Assembleia Geral se reunirá para decretar Greve”, enfatizou a nota do Sindicato.

Reportagem: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu