Publicidade

Vale acusa membros da FETRAF de provocar incêndio em Canaã

A Vale registou um boletim de ocorrência policial na tarde de ontem (quarta-feira, 30) para que a polícia investigue os danos a um imóvel da empresa e ao meio ambiente, segundo a mineradora, causados por integrantes de movimentos ligados à FETRAF, que teriam invadido uma fazenda da Vale na região sudeste do Pará.

Confira abaixo a nota enviado ao Pebinha de Açúcar pela Vale:


“Os invasores atearam fogo na vegetação do entorno da Fazenda Boa Esperança, na zona rural de Canaã dos Carajás. As chamas se alastraram e destruiriam um dos três galpões da Vale, onde há materiais de áreas sondadas para mineração, ou seja, locais que guardam importantes amostras (testemunho) de pesquisas geológica e de mineração de projetos da empresa na região.
Por volta das 18 horas de ontem (30/8), o incêndio criminoso foi controlado, mas as equipes de bombeiros civis da Mina do Sossego e de segurança patrimonial da Vale continuam no local, fazendo o trabalho de rescaldo.
Além do boletim de ocorrência, já registrado, a empresa adotará as medidas judiciais cabíveis para que os responsáveis pela invasão e pelo dano causando ao meio ambiente sejam responsabilizados”.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu