Publicidade

Vale gerou R$ 2 bilhões em arrecadação aos Governos em 2018

De janeiro a dezembro de 2018, as operações da Vale no Pará geraram arrecadação de R$ 2 bilhões aos governos. A Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), foi mais uma vez o destaque entre tributos e compensações, gerando R$ 1,1 bilhão, distribuídos pela Agência Nacional de Mineração (ANM) para Governo Federal, Estadual, município e entidades.

O montante de R$ 2 bilhões, considera além da CFEM, o total de R$ 259 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) recolhidos ao Estado. Também foram repassados R$ 458,3 milhões de Taxa Estadual de Controle, Monitoramento e Fiscalização das Atividades de Exploração e Aproveitamento de Recursos Minerários (TFRM).


A soma é totalizada com mais R$ 10,3 milhões da Taxa de Controle, Acompanhamento e Fiscalização das Atividades de Exploração e Aproveitamento de Recursos Hídricos (TFRH). E ainda R$ 150 milhões do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), que foram recolhidos aos municípios.

Extraindo os valores de CFEM e ISS, o município de Parauapebas arrecadou R$ 480 milhões em 2018. Canaã recolheu R$ 235,9 milhões pelas atividades do Complexo S11D e a unidade do Sossego. Resultado  da operação da Salobo Metais, foram destinados a Marabá, R$ 99,3 milhões e Curionópolis recolheu R$ 13,7 milhões, com as operações de Serra Leste.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu