Publicidade

Vaqueiro se joga de moto e perde a vida em Parauapebas

Rainerio Pires Chaves parecia uma pessoa normal em seu dia a dia; trabalhava como vaqueiro e nas horas de folga gostava de sair com a esposa, Alice Matos. Mas o homem se transformava quando ingeria bebidas alcoólicas.

De acordo com Alice, Rainerio a deixou viúva após loucura cometida sob o efeito de embriaguez. O marido tinha concluído seu trabalho, neste sábado (7), quando a convidou para dar “uma volta na cidade” e, como sempre, beber.


“Só saímos com R$ 50, então ele nem tinha bebido muito”, lembra Alice, dando conta de que, ao sair do bar, que fica na Estrada Faruk Salmen, nas proximidades do cemitério, já por volta das 2 horas de hoje, domingo (8), ela não permitiu que o marido pilotasse a moto, por notar que ele não estava, aparentemente, bem.

Por morarem na zona rural de Parauapebas, o destino seguido pelo casal foi no sentido dos bairros Palmares e tão logo saíram do local onde bebiam, segundo narra Alice, Rainerio disse que ia pular na moto. “Como já conhecia o jeito dele sob efeito de bebidas, tratei de parar no posto de gasolina que fica próximo ao Detran e, quando ele se acalmou e prometeu que não pularia, seguimos viagem”, conta Alice, lembrando que tão logo saiu do local e a moto pegou velocidade ele saltou do veículo.

Foto de documento da vítima

 

Desatinada, Alice parou a motocicleta e quase nem deu tempo de puxar o marido, que estava estendido ao chão, antes que um carro que vinha em alta velocidade passasse sobre ele. Auxiliada por outras pessoas que passavam pelo local, Alice acionou o Samu – Serviço de Atendimento Médico de Urgência, que tentou, sem sucesso, reanimar Rainerio.

A avaliação preliminar da situação da vítima é que tenha batido forte com a cabeça no chão e, por estar sem capacete, tenha tido traumatismo craniano. Porém, só a perícia do IML dará com exatidão a causa da morte.
Assim, o vaqueiro de apenas 27 anos de idade deixa viúva Alice que, com apenas 20 anos de idade, tem a responsabilidade de criar o filho, órfão, de 3 anos de idade.

Reportagem: Francesco Costa | Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu