Publicidade

Vereador propõe que prefeitura vistorie medições da Celpa

O vereador Marcelo Parcerinho (PSC) propôs ao prefeito Darci Lermen, por meio da Indicação n° 363/2018, a criação de um setor com capacidade profissional e tecnológica para fiscalizar e aferir os relógios de medição de energia elétrica da Celpa, de modo a produzir contraprova aos relatórios da concessionária, a fim de sanar eventuais dúvidas do consumidor.

“A Celpa tem ocupado o topo das reclamações por parte dos consumidores, que alegam, entre outros problemas, terem relógios adulterados, apontando a medição de energia além do que foi consumido”, informou Marcelo Parcerinho.


A ideia do vereador é que a prefeitura estruture um departamento dotado de capacidade técnica, com profissionais treinados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), para testar a qualidade e o funcionamento de equipamentos alvos de reclamações da população.

Parcerinho anexou à proposição uma matéria do jornal “O Liberal” com o seguinte título: “Celpa tem 90% dos medidores reprovados em testes”. De acordo com a reportagem, “a cada dez medidores de energia elétrica aferidos pela Celpa, sob a supervisão do Instituto de Metrologia do Pará (Imetropará), nove apresentam defeito”.

Para o parlamentar, este é mais um fato que prova a necessidade de ser implantado um laboratório em Parauapebas para aferição à vista do consumidor e conforme modelo do Immetro, da medição correta do consumo de energia elétrica.

A Indicação n° 363/2018 foi aprovada na sessão da Câmara Municipal da última terça-feira (20) e será enviada para análise do prefeito.

 

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu