Publicidade
Educação

Vereador Rafael Ribeiro propõe criação de universidade municipal

Conforme dito em seu discurso de posse, o mandato de Rafael Ribeiro tem como prioridade as políticas públicas voltadas para a juventude.
E com este intuito, o recém-empossado vereador, apresentou sua primeira indicação na Câmara Municipal de Parauapebas, em sessão ordinária ocorrida na manhã de hoje, 10, terça-feira.

Trata-se da Indicação 273/2017 em que indica ao Poder Executivo, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), e da Secretaria de Planejamento (SEPLAN), a urgente elaboração de estudos técnicos com vistas à implantação da Universidade Municipal de Parauapebas.

Em sua justificativa, Rafael Ribeiro, cita os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dando conta de que em 2015, aproximadamente 12 mil alunos estavam cursando o ensino médio em Parauapebas. Ainda segundo os números apontados na justificativa, a população considerada jovem, entre 16 e 29 anos, ultrapassava, em 2016, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 58 mil, o que percentua quase 35% do contingente populacional de Parauapebas. “Essa considerável massa de jovens em busca do sonho do ensino superior, ao concluir o ensino médio se depara com apenas uma instituição pública de ensino regular a lhe oferecer essa oportunidade”, cita Rafael Ribeiro, apontando a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

 

Outras opções, segundo ele, é a UNIFESPA, que promove cursos apenas na modalidade intervalar; e a UFPA, que ministra cursos como Direito e Engenharia, este nas modalidades civil e elétrica, adquiridos pela prefeitura municipal, por valores altos, beneficiando poucos jovens que são compelidos a disputarem essas vagas com profissionais que, via de regra, já possuem mais de uma formação acadêmica, além da Universidade Aberta do Brasil (UAB), que, de forma tímida, completa a rede pública de cursos superior disponibilizada para o jovem de Parauapebas. “O que presenciamos é de uma verdadeira invasão de universidades privadas, com custos inacessíveis à maioria de nossos jovens; por isso a implantação da Universidade Municipal, nesse contexto, se configura como alternativa importante para assegurar recursos públicos que venham a atender a demanda por cursos superiores de nossos jovens”, planeja Rafael Ribeiro.

A indicação foi aprovada na Câmara Municipal e agora espera o desfecho no Poder Executivo.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing LTDA-ME
CNPJ: 05.200.883.0001-05 Parauapebas-Pará-Brasil
(94) 99121-9293 | (94) 981342558

Todos os direitos reservados © 2017 Pebinha de Açúcar Comunicação & Marketing Ltda-ME
Desenvolvimento Web: Agência Maktub

To Top
error: Reprodução proibida!