Publicidade

Vereadores solicitam a construção de um centro de reabilitação

Para a vereadora os Centros de Assistência Social – CAP’s – não conseguem sozinhos atender a demanda de prevenção, educação e tratamento que envolvem a problemática das drogas. “Nossa intenção com este centro de referência é acolher e prestar atendimento intensivo aos pacientes, bem como atendimento médico e assistência às famílias. Além de auxiliar no processo de reabilitação, também vamos prevenir, assim evitaremos que mais famílias enfrentem este problema”, explicou Eliene.

Em seguida os vereadores José Arenes (PT), Israel Pereira Barros, o Miquinha (PT), Eliene Soares (PT) e Euzébio Rodrigues (PT) indicaram (n° 100/2013) a construção de uma escola municipal de ensino fundamental e de educação infantil no bairro Nova Carajás. Arenes revelou que por ter conhecimento das necessidades da população do bairro é que se chegou a conclusão de que é essencial que as escolas estejam próximas para facilitar o cotidiano das famílias. Segundo Eliene “essas escolas, assim como as creches tem que ser acessíveis à população”. Ao comentar a indicação o vereador Odilon Rocha disse que as escola tem que estar ao alcance do povo. “Olha o tanto de gente que tem naquele bairro, a cada dia novos loteamentos são abertos e essas pessoas tem necessidade de uma educação próxima a elas”. De acordo com o presidente da Casa, o vereador Josineto Feitosa (PSDC), o investimento na educação tem que acontecer com urgência. “Eu não tenho feito outra coisa a não ser pedir que a escolha certa seja feita para ocupar a pasta da secretaria da educação, para que tenhamos uma educação transparente, clara e competente. As reformas no ensino precisam ser feitas rápido”, finalizou.


A construção de rampas de acesso para locomoção das pessoas com necessidades especiais e a dotação de cadeiras de rodas nas escolas municipais foi a indicação (n° 101/2013) do vereador Odilon Rocha de Sansão (PMDB) ao Poder Executivo. De acordo com o vereador a mobilidade segura e autônoma é um direito universal e constitucional. “Não é mais possível conviver em uma estrutura física que não atenda as necessidades de locomoção da população”. O vereador Bruno Soares (PP) parabenizou a indicação e disse que é fundamental que esta Casa se preocupe com a mobilidade.

Antônio Chaves de Sousa, o Major da Mactra (PSDB) solicitou por meio da indicação n° 102/2013 a criação da casa de apoio ao colono e ao imigrante. Em sua solicitação o vereador Major pediu que a casa fosse na área onde está sendo construído o Centro de Abastecimento de Parauapebas, na rodovia Faruk Salmen, em frente a avenida Inglaterra no bairro Novo Horizonte. “Temos que dá assistência às pessoas que chegam em nossa cidade com o intuito de conquistar uma vida com mais qualidade”, concluiu Major.Na última terça-feira (28), durante a Sessão Ordinária desta da Câmara Municipal de Parauapebas, estudantes do ensino médio Escola Estadual Irmã Dulce lotaram o plenário da Câmara para reivindicar melhorias na educação por parte da Prefeitura Municipal e em especial ao Governo do Estado, responsável pela manutenção e funcionamento do ensino.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu