Publicidade

Vidro que separa vereadores do público na Câmara de Parauapebas poderá ser retirado

O assunto não é novo, já tendo sido objeto de discussão em 2014, quando o então vereador Charles Borges apresentou requerimento pedindo a retirada do vidro que separa o plenário do auditório da Câmara Municipal de Parauapebas.

O tema deve voltar à pauta de discussão trazida pelo vereador Elias Ferreira (PSB), que prometeu apresentar requerimento na próxima sessão ordinária que acontecerá na terça-feira (25).

Saraiva publicidade

O vereador se sentiu incomodado, na sessão ocorrida terça-feira (18), quando um popular falou algo do auditório e ele não entendeu a fala, momento em que se comprometeu a pedir a retirada do vidro.

“Ao cidadão que falou atrás do vidro, não consegui ouvir com clareza o que o senhor falou. Eu prometo aos senhores que minha próxima indicação na semana que entra será para tirar este vidro que nos separa, para a gente entender o que vocês falam aí de fora”.

No final da sessão, Elias Ferreira deixou claro que fará a indicação propondo a retirada do vidro, sendo isto uma forma democrática, devendo ser acatada a decisão pelos demais vereadores.

“Para mim, neste um ano e 8 meses que estou exercendo o cargo de vereador, não vi a necessidade deste vidro. Por isso, farei a indicação e pedirei o voto de cada vereador”, concluiu Elias Ferreira.

Reportagem: Francesco Costa  |  Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu