Banner Educar


Xuatê Carajás completa um ano valorizando a cultura paraense

Xuatê Carajás completa um ano valorizando a cultura paraense

No dia 15 de novembro, o Grupo Folclórico Xuatê Carajás completou um ano de plena atividade. O grupo de Parauapebas é formado por mais de 30 pessoas entre dançarinos e músicos que tem em comum uma paixão: o amor pela cultura do Pará.

O aniversário é de um ano, mas cada um tem uma vasta experiência quando o assunto é cultura. O que o diga Solange Loureiro, Diretora de Comunicação da instituição. Ela é de Santarém Novo, cidade localizada do nordeste paraense e há anos trabalha com este segmento, acima de tudo, com muito amor.
Não é fácil você trabalhar com cultura, ainda mais porque os grupos até recebem apoio da iniciativa pública e privada, mas ainda não é o suficiente. Temos muitos custos com equipamentos de som, figurino e despesas de viagens para participar de festivais. O mais recente que participamos foi em São Paulo”, explica Solange.

 

O ano está terminando e muitas foram as atividades desenvolvidas. Segundo Solange, tudo conquistado com muito esforço. Além de oferecer entretenimento, alegria e divulgar a cultura do Pará, o Xuatê Carajás constantemente realiza ações filantrópicas.
“Essa é outra parte do nosso trabalho que fazemos com muita dedicação. Tem muita gente precisando de ajuda na cidade, muitos sem ter o que comer. A gente ajuda como pode. Nosso objetivo é levar mais que alegria à comunidade”, ressalta a Diretora de Comunicação.

O destaque do trabalho do Grupo Xuatê Carajás é o carimbó, mas está longe de ser apenas isso. Quem prestigia o trabalho sabe que muitas outras danças típicas da cultura paraense são apresentadas, como o lundu.

A expectativa é que 2018, seja ainda mais abençoado, cheio de muitos desafios e conquistas. “Vamos continuar batalhando, é o que amamos fazer. Vivemos para valorizar a cultura do nosso estado”, conclui Solange.

Reportagem: Anne Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Fechar Menu
error: Reprodução proibida!