Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

117 mil pessoas já podem sacar o FGTS no Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Caixa Econômica Federal começou, hoje, a 3ª fase do pagamento das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nesta etapa, têm direito a sacar o benefício 7,6 milhões de trabalhadores nascidos em junho, julho e agosto. O valor disponível para saque chega a R$ 10,8 bilhões. Para esta etapa de pagamento, estima-se que no Pará 117.500 trabalhadores saquem R$114,9 milhões.

A Caixa programou atendimento em horário estendido nos primeiros dias de pagamento. Hoje, segunda e terça-feira, todas as agências da Caixa terão 2h a mais de atendimento. As agências que começam a funcionar às 10h e 11h, abrirão duas horas mais cedo e, no caso de agências que abrem normalmente às 9h, abrirão uma hora mais cedo e fecharão uma hora mais tarde. No plantão de atendimento de amanhã, 2.100 agências selecionadas estarão abertas, em todo o Brasil, exclusivamente para o atendimento das contas inativas, das 9h às 15h.


A relação das agências com o atendimento especial neste sábado pode ser consultada no site da Caixa, selecionando a cidade (Veja no box as que abrirão em Belém). Até o dia 5 de maio, a Caixa pagou R$ 16,6 bilhões a 10,6 milhões de trabalhadores relativos às contas inativas do FGTS das duas primeiras fases do cronograma.

COMO SACAR

Trabalhadores que têm conta poupança individual na Caixa irão receber o crédito automático na conta, da mesma forma que trabalhadores que tenham poupança conjunta ou conta corrente e que tenham realizado essa opção no site das contas inativas ou pelo atendimento do telesserviço. Valores até R$ 1,5 mil podem ser sacados nos terminais de autoatendimento, somente com a senha do Cartão Cidadão. Para valores até R$ 3 mil, o saque pode ser feito com o Cartão do Cidadão e senha nos caixas eletrônicos, nas casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

Para valores acima de R$ 3 mil, os saques devem ser feitos nas agências Caixa. Os trabalhadores que procurarem as agências devem ter em mãos o documento de identificação, Carteira de Trabalho ou outro documento que comprove a rescisão do contrato.

Reportagem:DOL

Publicidade

Veja
Também