Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

2ª Mostra de Teatro de Parauapebas foi sucesso de público no final de semana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No último final de semana em Parauapebas, mais precisamente durante os dias 25, 26 e 27 de novembro, as dependências do prédio antigo Câmara Municipal de Vereadores, localizada no Bairro Cidade Nova, foi palco da 2ª Mostra de Teatro, evento realizado pela Associação de Teatro de Parauapebas (ATP), constituída juridicamente por artistas da área, que hoje representa todos os grupos de linguagem teatral existentes no município.

A 2ª Mostra de Teatro de Parauapebas ocorre após um período de 11 anos em que o município sentia a ausência de um evento do gênero, já que a primeira edição ocorreu em 2005, por iniciativa do professor Tonico Ferreira, idealizador do projeto.


Com a fundação da ATP em 2015, os artistas se sentiram motivados e algumas ações foram propostas, como as comemorações pelo Dia Nacional do Teatro, entretanto a realização de sua mostra de teatro, sempre foi uma das bandeiras de luta dos mesmos, porém, inutilmente ao longo desses 4 anos os artistas, dialogaram com os sete gestores que passaram pela Secretaria de Cultura (Secult) é isso não foi possível. “Fomos acima de tudo desrespeitados. O referido evento cultural ocorreu por iniciativa e apoio de seus militantes teatrais e colaboradores, somente”, explica o professor Doddy Amâncio, Coordenador ATP.

As três noites da Mostra de Teatro de Parauapebas tiveram o local do evento completamente lotado, e isso mostra a força e persistência de seus envolvidos e ilustra bem o tema proposto, que foi: “Teatro Resistências e Desafios”, cujas problemáticas do setor cultural estão presente no Fundo Municipal de Cultura, que era de R$ 1 milhão em 2016 e para 2017 não passará de R$ 35 mil, segundo a LOA apresentana da Câmara Municipal. “Isso mostra a forma como a cultura de verdade no município vem sendo tratada”, diz Doddy.

ook2

As montagens de teatro apresentadas nas três noites alegres do evento, refletiram um painel bem agradável das produções teatrais em evidencia na terra do minério, com peças que iam do universo gospel, como o Grupo de Teatro Expressão Gênesis, com a montagem “Coração Vazio”, até infantil, com o Grupo de Teatro com Bonecos, Outro Mundo, que encantou as crianças com sua montagem “João sujinho’’, até temáticas mas serias como “O segredo da corda”, de conteúdo GLBT e também ao cômico com a peça “Intimidades Domésticas”, da Cia de Teatro Atos e Retratos, que roubou muitos risos e gargalhadas da plateia. Ao todo foram 13 apresentações, sendo que o evento fez também homenagem a atriz e dançarina Erika Suany, componente da Cia de Teatro Outro Nível, que foi brutalmente assassinada recentemente em Pacajá, onde a comunidade artística lhe prestou uma digna homenagem, também aos seus parentes da vítima, que se fizeram presentes.

Publicidade

Veja
Também