Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

A importância das pesquisas eleitorais para a definição dos votos dos eleitores

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Câmara Municipal de Parauapebas

Embora muitos eleitores sejam descrentes em relação às pesquisas eleitorais e estejam desiludidos com a política, é inegável que as mesmas interfiram em suas decisões na hora de votar.

As pesquisas, conforme afirma o cientista político Paulo Ribeiro, são realizadas segundo rigorosos critérios técnicos e estrita obediência à legislação eleitoral, portanto, refletem a tendência do eleitorado, em eleger ou não determinados candidatos.


Neste sentido, cumprindo o dever social de bem informar à sociedade local, o Portal Pebinha de Açúcar, a pedido de muitos leitores, divulga o resultado da primeira pesquisa realizada pelo Instituto DATA POPULI para as eleições 2020 com registro no TSE (https://www.canal2n.com.br/Publicacao.aspx?id=144419) de onde destacaremos intenções de votos para vereadores.

A pesquisa traz alguns dados que merecem destaques, como por exemplo, o grande percentual de eleitores indecisos, em relação a quem votar, vez que 65% dos votantes, ainda não possuem candidatos.

E importante destacar a grande menção feita pelos pesquisados a candidatos desconhecidos dos eleitores, o que indica o desejo de renovação da câmara municipal parte do eleitorado.

A pesquisa demonstra ainda a tendência de que poucos vereadores serão reeleitos, visto que muitos dos detentores de mandato foram “esquecidos” pelos entrevistados, indicando uma péssima avaliação de seu trabalho na câmara municipal.

Outro dado importante a ser destacado, está relacionado à presença dos primeiros suplentes de vereadores das eleições 2016, entre os possíveis eleitos neste pleito 2020, com destaque para Rafael Ribeiro e Léo Márcio, que estão na verdade, como terceiro e quarto colocados, na pesquisa mencionada.

Como explicar tais dados?
Para o cientista político Paulo Ribeiro, “existe um desencanto do eleitorado em relação ao papel desempenhado pelos políticos, em especial por determinados vereadores, que deveriam produzir políticas de interesse público e fiscalizar as ações do prefeito, mas não o fizeram”; para o pesquisador, a grande presença de novos nomes no cenário político deve ser motivo de alegria para a sociedade local, pois indica que existem cidadãos dispostos transformar a sociedade pela via política.

Em relação à presença dos primeiros suplentes, Rafael Ribeiro e Léo Márcio entre os melhores colocados na pesquisa, quase 4 anos após as eleições 2016, o pesquisador destaca que “em um sistema eleitoral proporcional e de lista aberta, que é caso do modelo brasileiro, onde centenas de candidatos competem a cada eleição, há uma forte tendência de que isto seja o resultado de um trabalho desenvolvido junto à sociedade local, atendendo às mais diversas demandas sociais, ainda que estes não tenham obtido o mandato naquela eleição”.

Em suma, as pesquisas são instrumentos importantes para a definição do voto dos eleitores, mas não substitui a avaliação direta do trabalho desempenhado pelos candidatos aos cargos eletivos.

Publicidade

Veja
Também