Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

A situação da internet móvel em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Parauapebas hoje é uma cidade que conta com mais de 200 mil habitantes, sendo a sexta cidade mais populosa do Pará. Parauapebas também é a 33ª cidade mais rica do país, considerando-se o PIB de 2,1 bilhões de dólares. Isso equivale à soma das riquezas produzidas pelos estados do Acre, Roraima e Amapá. Seu PIB/per capita vai é o maior do Brasil. Mas, nosso cotidiano não expressa nem de longe essas riquezas. Desde saneamento básico, saúde, educação, etc. Mas, essa é uma outra discussão. O fato é que mesmo diante de um panorama de tanta riqueza, não há somente um descaso das forças públicas, mas também da iniciativa privada. Em Parauapebas não há mínimo de respeito das operadoras de rede móvel do país, a saber: Claro, Oi, TIM e Vivo. Todas elas possuem um péssimo serviço na cidade.

Antes mesmo de falarmos da internet móvel podemos ir além e detectar facilmente que o único local em temos um sinal razoável é no centro da cidade. Ou seja, todos os extremos da cidade sofrem com a ausência de sinal e intermitência. As antenas na região são poucas, as instalações limitadas e não fazem redundância adequada de sinal. Assim, se houver problema num ponto, temos toda telefonia fora do ar na cidade INTEIRA.


Hoje as operadoras borbulham suas propagandas divulgando novos planos de 3G e até mesmo 4G (mesmo não sendo de fato 4G). Mas, aqui a realidade permanece praticamente estática, sem acompanhar o ritmo acelerado de evolução de não só capitais, mas muitos interiores do país. Resolvemos conferir a situação em alguns pontos da cidade e a conclusão foi conforme o esperado:

Velocidade da Rede 3G da TIM em Parauapebas
Velocidade da Rede 3G da TIM em Parauapebas
  • Centro, Bairro da União e imediações mais próximas do centro apresentam um sinal razoável e uma internet instável que oscila entre a ausência de sinal de internet (seja 2G ou 3), 2G e um 3G lento.
  • Todos as outros bairros da cidade possuem falhas até mesmo no sinal básico de telefonia e quando funcionam sua internet é predominamente 2G ou uma 3G com velocidade inferior a uma rede 2G. Os destaques negativos dos testes feitos foram no bairro da Apoena (ao lado do Shopping), no loteamento Amazônia, na cidade Jardim e imediações.

E o que fazer diante dessa panorama? A ANATEL hoje é o principal ponto de contato para reclamarmos de tal situação. Ela possui um site em que você pode fazer um registro simples e qualquer operadora tem obrigação de responder em no máximo 48h. Normalmente as operadoras dão prazos para resolver os problemas e estes prazos costumam ser ultrapassados. Ou seja, você reclama para ANATEL, eles te dão um prazo. A ANATEL te liga de volta perguntando se o chamado foi respondido. Você diz que sim. Espera o prazo. Nada feito. Porém, se houver um maior número de chamadas as operadoras podem sofrer uma grande pessão da ANATEL e até terem sua venda proibida na região.

Acesse aqui o site da ANATEL e faça a sua parte.

Publicidade

Veja
Também