Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Abraa desenvolve biodigestor para demonstração de produção de biogás em escolas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Membros da Associação Brasileira de Acadêmicos e Ambientalistas (Abraa) realizaram a construção de um biodigestor para demonstração de produção de biogás em escolas situadas em meios urbanos.

O projeto mostra a facilidade de construção e operação de um biodigestor caseiro em que é possível acompanhar diariamente a produção de biogás, entender a relação entre variáveis climáticas, como a temperatura, com a quantidade de biogás produzido e no final do processo observar a formação de biofertilizantes.


Para o presidente da Abraa, Marielson Nascimento, é importante que se desenvolva desde as séries iniciais em escolas e colégios a consciência do uso racional de energia, e que se fomente as possibilidades de formas alternativas de produção de energia renovável. “O uso do biodigestor como um projeto interdisciplinar e multidisciplinar em uma escola ou colégio situado em meio urbano pode contribuir para a formação de uma visão crítica sobre o assunto”, relata o ambientalista.

Segundo a Associação Brasileira de Acadêmicos e Ambientalistas, o projeto mostra também que a construção de um biodigestor pode ser implementada a baixos custos por qualquer escola ou colégio, pois os materiais utilizados são materiais de sucata ou facilmente encontrados nas comunidades.

 

Sobre a Abraa

A Abraa tem como princípio a garantia do desenvolvimento sustentável, respeitando e fazendo respeitar a biodiversidade de cada bioma do País e as suas especificidades, além do objetivo de realizar atividades educacionais, treinamentos, ensino, pesquisa e extensão de forma a orientar a sociedade sobre a importância de se preservar o meio ambiente em áreas urbanas e rurais.

Atualmente a Associação Abraa já conta com uma fanpage na internet com mais de cinco mil seguidores. A principal forma de contato é através do e-mail: [email protected] ou através do WhatsApp (94) 98403-2963.

 

 

Publicidade

Veja
Também