Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

‘Açaí com o Diretor’ fortalece interação entre colaboradores do Hospital Regional de Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Para estimular a troca de experiência entre as equipes, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) implantou o “Açaí com o Diretor”. A segunda edição do programa foi realizada nesta terça-feira, 06/09, e contou com a participação de 14 colaboradores de diversos setores que foram recebidos para um bate-papo pelo diretor Geral, Valdemir Girato, e pelo diretor Administrativo e Financeiro, Rodrigo Fauth.

O técnico de enfermagem Nilson Dias parabenizou a liderança pela iniciativa. “Gostei da atitude e me senti à vontade para sugerir melhorias. Esse momento foi motivador para nós porque ajudou a aproximar a equipe e mostrou que todos têm voz, não só os líderes, mas os liderados também”, disse o colaborador.


Para o diretor Valdemir Girato, além da aproximação, ao fortalecer a interação entre os colaboradores, os encontros contribuem para a ampliação da qualidade do atendimento aos usuários. “Quando os profissionais trabalham com motivação, isso reflete no atendimento prestado ao paciente, e esse é o nosso bem maior”, argumentou o administrador. Valdemir também comentou sobre melhorias sugeridas no primeiro encontro, realizado em julho, e já implementadas, como a compra de novas ferramentas para o setor de Manutenção.

Programa

“Açaí com o Diretor” é desenvolvido em diversas unidades gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar no Pará, como o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, e o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, além do Hospital Regional do Sudeste do Pará, em Marabá. O nome do programa é uma referência a uma das frutas mais conhecidas do Estado, o açaí.

Unidade

Público e gratuito, o Hospital Regional de Marabá é referência em atendimento de média e de alta complexidade para mais de 1 milhão de pessoas em 22 municípios. A unidade possui 115 leitos, dos quais 77 são de internação clínica e cirúrgica e 38 são de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Sua gestão é feita pela Pró-Saúde sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Publicidade

Veja
Também