Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Acusado de assalto a banco é morto pela polícia do Tocantins em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Dando continuidade a caça à assaltantes de banco, policiais civis da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC), oriundos do Estado do Tocantins, realizaram a prisão de três pessoas com mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado Rafael Falcão, que está à frente da operação, sua equipe estava no município de Parauapebas desde terça-feira passada para cumprir os mandados de prisão contra três pessoas acusadas de envolvimento no assalto ao Banco do Brasil na cidade de Gurupi-TO, ocorrido no último dia 11.


A operação policial contou com o apoio das polícias Civil e Militar de Parauapebas, através do investigador Almeida, Delegado Aquino e equipe do tenente Guimarães.

A polícia descobriu que alguns dos integrantes da quadrilha estavam escondidos no município de Parauapebas. Ainda segundo o policial, no primeiro mandado a ser executado houve um confronto e o assaltante identificado por Valdir Fabriciano Duque, 33 anos de idade, foi morto. Segundo informações na hora da abordagem policial, Valdir Fabriciano estava armado de um revólver calibre 38 e teria reagido contra os policiais, momento em que foi atingido mortalmente. Segundo a polícia, o mesmo usava três identidades falsas, até mesmo a carteira de habilitação.

 

Nas buscas realizadas na residência de um outro elemento que conseguiu fugir, os policiais encontraram uma pistola de uso restrito, fartas munições e dinheiro. Mediante o flagrante, a mulher identificada por Escarlet Lagares Farias, de 24 anos, foi presa.

No início da tarde os policiais cumpriram outro mandado de prisão, dessa vez, em desfavor do nacional de nome não divulgado.

Reportagem: Caetano Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também