Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Acusado de assassinar a própria esposa, Samaritano será julgado nesta terça-feira

Nesta terça-feira (20), o agente do DetranDiógenes dos Santos Samaritano, sentará no banco dos réus em júri popular. Ele é acusado de assassinar a própria esposa, Dayse Dyana Sousa e Silva. O Julgamento terá lugar no Fórum Criminal, no Bairro Cidade Velha, em Belém, e será presidido pelo juiz Cláudio Hernandes Silva Lima, da 4ª Vara do Tribunal de Júri de Belém.

Dayse foi assassinada no dia 31 de março de 2019 na casa onde morava com o acusado no Bairro Parque dos Carajás. Segundo levantamento feito pela perícia criminal, ela foi agredida e depois, já desacordada, foi jogada da janela do segundo piso da residência e morreu no local.

Inicialmente, Diógenes e sua defesa chegaram a declarar que a vítima se atirou da janela, mas as evidências encontradas pela perícia apontaram para feminicídio. Além disso, o histórico de violência de Diógenes também pesou na análise.

O julgamento foi desaforado pra Belém porque a defesa de Diógenes alegou que tanto em Parauapebas quanto em Marabá, o júri não seria isento, pois o caso gerou ampla repercussão nas duas cidades. Por outro lado, em Belém os jurados não conhecem os envolvidos no feminicídio, de modo que irão julgar o caso com base tão somente nas informações que receberão no momento do tribunal do júri.

Outra condenação

Além do caso de feminicídio, pelo qual será julgado, Diógenes Samaritano foi sentenciado no dia 22 de novembro do ano passado por apreender ilegalmente CNH’s e documentos de veículos com alguma pendência com o Detran e devolução, somente por meio de pagamento de propina.

Esse caso veio à tona durante a investigação sobre o assassinato de Dayse Dyana, pois a polícia fez buscas na casa do agente de trânsito e encontrou a centenas de documentos. Diógenes Samaritano nunca foi exonerado e ainda recorre dessa sentença.

Reportagem: Correio de Carajás

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
2
Ei, Psiu! Já viu essas?

Deixe seu comentário