Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Acusado de homicídio, integrante do PCC é preso em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na madrugada deste domingo (26), a Polícia Civil e a Guarda Municipal de Parauapebas realizaram a prisão de VANDERLAN OLIVEIRA DOS SANTOS, de 20 anos de idade, dado o seu envolvimento na morte de CÁSSIO SOUSA LEITE e ainda em razão da posse de substâncias entorpecentes.

Cientes da expedição de mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal de Parauapebas contra VANDERLAN, a partir de representação do DPC Felipe Freitas, da equipe de Homicídios, investigadores da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas realizaram diversos levantamentos e terminaram por descobrir que o procurado realizava a venda de substâncias entorpecentes em alguns locais de festa no município.


Em sendo assim, na madrugada deste domingo, foi montada uma operação conjunta com a Guarda Municipal para fins de dar cumprimento da ordem de prisão, sendo o procurado encontrado num bar localizado na Avenida Cláudio Coutinho, onde recebeu voz de prisão.

Chegando à unidade policial, em revista minuciosa, foram encontrados, sob a posse de VANDERLAN, três papelotes de cocaína. A droga estava escondida num bolso interno improvisado da calça jeans que ele usava. Dadas as circunstâncias, o conduzido foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

No que tange o mandado de prisão, o cerceamento de liberdade de VANDERLAN está motivado pelo seu envolvimento na morte de CÁSSIO SOUSA LEITE, popularmente conhecido como CABANHA, ocorrida no dia 18 de março de 2020, no Bairro Altamira.

Quando do crime, três homens adentraram na residência de CABANHA gritando PCC e foram até o cômodo em que ele estava, nos fundos do imóvel, e realizaram vários disparos de arma de fogo contra ele. CABANHA morreu no local e os homicidas fugiram depois do cometimento de um crime marcado pela disputa entre facções.

Integranteconfesso da facção criminosa PCC, SENHOR BEYBE, como é conhecido no município de Parauapebas, ficará à disposição da Justiça.

Publicidade

Veja
Também