Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Acusados de praticar assalto se desentendem e um morre no Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foi com agressividade que uma dupla de assaltantes invadiu uma casa no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, na noite da última segunda-feira (7). De acordo com informações repassadas pelas autoridades policiais, enquanto os elementos pediam celulares e dinheiro, a família, acuada, dizia não ter nada a entregar, e isto irritou um dos elementos.

“Em pânico, entramos correndo na casa na tentativa de salvar as crianças. Fomos ameaçados na mira do revólver que estava na mão de um dos ladrões, que nervoso, pedia dinheiro e celular”, contou uma vítima que preferiu não se identificar.


Ainda segundo a vítima, o outro homem tentava convencer seu comparsa a deixar o local, dizendo que a ação criminosa não daria certo. Irritado, deixaram a casa sem levar nada e o criminoso que apresentava mais agressividade disparou um tiro a queima roupa na cabeça do parceiro de crime que sem chances, caiu, já sem vida.

O autor do disparo fugiu em uma motocicleta sem deixar pistas. Já o morto, identificado como Jhone Silva, de apenas 17 anos de idade, teve o corpo levado por servidores do Instituto Médico Legal (IML), que posteriormente, após realização dos trâmites legais, o entregou para familiares.

Outra versão

Informações ainda não confirmadas pelas autoridades policiais dão conta que a morte não teria ocorrido apenas com um disparo de arma de fogo, e sim com seis, sendo que a autoria do crime é duvidosa, podendo ser do comparsa da vítima ou não.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também