Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Adelson Fernandes afirma que sua candidatura foi manipulada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

De acordo com Adelson Fernandes, ele teria sido procurado por pessoas ligadas à Prefeitura Municipal de Parauapebas para que sua candidatura fosse recuada e que ele apoiasse outro candidato. “Pessoas ligadas ao governo municipal me procuraram, me ofereceram dinheiro para que eu não saísse candidato a deputado estadual, porém, como não aceitei, eles pediram pra mim dar o meu preço, mas mesmo assim neguei e segui com minha candidatura”, relatou Adelson, afirmando ainda, que depois que tentaram negociar com ele, sem sucesso, procuraram o vereador Irmão Maridé que é presidente do seu partido. “Tentaram de todas as formas me prejudicar, procuraram inclusive o Dr. Zé Roberto, Zéquinha Marinho e até mesmo o governador Jatene”, relatou Adelson.

Indeferimento da candidatura
No último domingo (5), nas eleições municipais o candidato a deputado estadual recebeu em Parauapebas exatos 7.375 votos, totalizando 9.237 em todo o Pará, porém, os votos não foram válidos, tendo em vista que sua candidatura foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral que alega falta de documentos necessários para o registro da candidatura.


Por sua vez, Adelson Fernandes diz que a candidatura foi manipulada, tendo em vista que ele tem cópias de todos os documentos necessários para que sua candidatura fosse registrada com assinatura de funcionários da Justiça Eleitoral. “Infelizmente a nossa candidatura foi manipulada, porém, afirmo aos nossos eleitores e população em geral de Parauapebas que esse assunto não foi encerrado, afinal iremos brigar na Justiça para que tudo isso seja esclarecido”, finalizou.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Arquivo

Publicidade

Veja
Também