Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Adolescente de 16 anos é apreendido após matar senhor de 76 anos para ficar com dinheiro de sua aposentadoria

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um adolescente de 16 anos foi apreendido, no último domingo (6), em Tucuruí, sudeste paraense, pela prática de latrocínio – roubo seguido de morte -. A vítima foi um idoso de 76 anos.

Em depoimento, o adolescente confessou que pretendia roubar uma quantia de dinheiro que a vítima tinha guardada em casa. O infrator admitiu ainda que pretendia colocar fogo na casa e que chegou a jogar carvão em cima do corpo do homem, mas foi surpreendido pelos policiais antes de cometer o incêndio.


Segundo o delegado Rommel Souza, Superintendente Regional do Lago de Tucuruí, “a polícia recebeu a informação de que haveria um corpo no interior de uma residência localizada no bairro Olga Benário” e se deslocou para o local.

A vítima, identificada como João Batista de Oliveira, residia em uma casa de madeira. O idoso foi encontrado com duas facas cravadas na região torácica. Segundo a Polícia Civil, o corpo estava parcialmente coberto de carvão e os objetos da casa revirados.

ELEMENTOS PARA INVESTIGAÇÃO

Segundo testemunhas, o adolescente foi a última pessoa vista saindo da casa da vítima. Ao ser capturado pela polícia, ele foi levado para a Seccional de Polícia Civil em Tucuruí.

O infrator também estava com as unhas das mãos com vestígios de carvão, de acordo com a PC.

Interrogado, o jovem confessou o latrocínio e revelou que matou a vítima para roubar o dinheiro da aposentadoria que o idoso havia acabado de receber. O dinheiro, segundo a PC, não foi encontrado.

A Polícia Civil disse ainda, que o carvão serviria para atear fogo na vítima e na casa para apagar as provas do latrocínio, porém o adolescente foi apreendido antes de concluir o plano, já que pretendia buscar mais carvão para completar a quantidade necessária para encobrir o corpo e incendiar a casa.

O adolescente foi apreendido para ser apresentado ao Ministério Público, em Tucuruí, e depois responder pelo ato infracional análogo a latrocínio.

Publicidade

Veja
Também