Adolescentes que planejavam massacre em escola púbica de Parauapebas são apreendidos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante o final da tarde da última quarta-feira (4), a Guarda Municipal de Parauapebas (GMP), por meio da Ronda Escolar, apresentou na Delegacia de Polícia Civil, dois adolescentes, sendo um de 13 anos e outro de 14 anos. Eles teriam sido pegos trocando mensagens sobre um suposto massacre que aconteceria na Escola Municipal Eurides Santana, localizada no Bairro Rio Verde.

Um áudio estaria circulando desde a última segunda-feira (2), onde o conteúdo falava sobre um massacre que aconteceria na instituição escolar. Diante dos fatos, uma guarnição da Guarda Municipal foi até ao local juntamente com uma equipe do Grupo Tático Operacional (GTO) da Policia Militar, e na oportunidade, foi constatado que uma pessoa teria tirado foto dos policiais militares e divulgado para os supostos envolvidos no planejamento da ação. Um dos integrantes do grupo teria realizado ameaças, dizendo: “vou matar todo mundo hoje”, em seguida, teria encaminhado uma foto contendo armas brancas e uma arma de fogo.


 

Horas depois, com acesso às informações, a guarnição da Guarda Municipal voltou até a escola e recebeu denúncia de quem seria os suspeitos, onde imediatamente o fato foi informado para a direção do estabelecimento escolar que reconheceu os alunos e os mesmos foram encaminhados para a unidade policial juntamente pelos agentes da GMP.

veja também