Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Afastado, vereador Josineto Feitosa tem pedido de habeas corpus negado pela Justiça

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A defesa de Josineto entrou na Justiça com o objetivo do parlamentar voltasse ao cargo na Câmara Municipal, porém, após pedir informações ao Juiz Líbio Moura, o pedido para que as restrições impostas pelo Juiz da Vara Penal de Parauapebas fossem retiradas, assim como a volta ao cargo foi negado pela Justiça ao parlamentar afastado.

Entenda o afastamento:


Cinco vereadores acusados de corrupção foram afastados dos cargos por decisão judicial no município de Parauapebas. Os afastados foram: Josineto Feitosa (SDD), Devanir Martins (SDD), José Arenes (PT), Major da Mactra (PSDB), que é o vice-presidente da câmara, e Luzinete Batista (PV), segunda secretária da casa.

De acordo com a Promotoria de Justiça, contratos de compra de alimentos e locação de veículos para a câmera foram superfaturados nos anos de 2013 e 2014.

Vereadores e empresários do município estariam envolvidos no esquema de fraudes que pode ultrapassar o valor de R$ 1,3 milhão, segundo as investigações do MPPA.

Com o a decisão da justiça, os vereadores afastados estão proibidos de frequentar órgãos públicos e de deixar o município sem autorização da justiça.

Cópia 01

Publicidade

Veja
Também