Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Agente de trânsito do Detran é agredido e ameaçado de morte

Depois de abordarem um piloto de moto que transitava no Bairro da Paz sem capacete, descarga tipo cadron (escapamento barulhento), sem habilitação e documento da moto atrasado há quatro anos, os agentes de trânsito Tarcisio e Samaritano, do Detran, foram agredidos e ameaçados de morte pelo motoqueiro, identificado por Eduardo da Silva, 19 anos de idade.
O incidente ocorreu por volta das 10 horas da manhã desta sexta-feira (27) na Rua São Francisco, Bairro da Paz, em Parauapebas.

Em declarações prestadas à reportagem, o agente Samaritano explicou que após apreender a motocicleta, tirar a chave de ignição do contato e aguardar a chegada do carro-guincho para recolher o veículo ao pátio do Detran, Eduardo da Silva aproveitou um descuido dos agentes, apoderou-se de uma chave reserva e se evadiu do local montado na moto, disparando “tiros” pela descarga do veículo pela Rua Marabá.
Minutos depois, ainda segundo Samaritano, Eduardo da Silva retornou ao local, sem a moto, e começou a tirar satisfação com os agentes de trânsito do Detran, exigindo a documentação do veículo e a carteira de identidade.

“O elemento empurrou e disparou socos contra o companheiro Tarcisio, ameaçando que se ele não entregasse os documentos ia acontecer o mesmo que aconteceu recentemente com um agente de trânsito do DMTT (Departamento Municipal de Trânsito e Transporte), que foi assassinado quando executava tarefa semelhante na Estrada Faruk Salmen”, declarou Samaritano, adicionando que minutos depois o valentão foi detido e levado à delegacia por investigadores da Polícia Civil, onde se encontra preso à disposição da Justiça.
Procurado pela reportagem, Eduardo da Silva informou que a moto estava com o licenciamento atrasado há “apenas” três anos, que já havia dado entrada no Detran para tirar a Carteira Nacional de Habilitação e que não agrediu fisicamente o agente de trânsito. “Eles falaram alto comigo e eu respondi na mesma altura”, disse o acusado.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva / Portal Pebinha de Açúcar

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário