Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Além de pagar energia cara, clientes da Celpa sofrem no escritório da concessionária

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Filas intermináveis, a primeira para pegar a senha de atendimento; a segunda, esperar horas e horas para ser atendido.
Esta é a situação do atendimento no escritório das Centrais elétricas do Pará (CELPA), concessionária de energia que tem deixado muitos clientes por longos períodos a espera de atendimento.

Após denúncias chegadas à redação do Portal Pebinha de Açúcar, nossa equipe de reportagens foi conferir a situação na agência que fica localizada no bairro Beira Rio, em Parauapebas e deu conta de que a situação é realmente preocupante.


Não foi difícil conferir o tempo de espera de cada cliente. Um deles ficou 1 hora na fila para pegar a senha, que foi emitida as 10h43 e às 16h33 ainda não tinha sido atendido, ou seja, quatro horas de espera, somadas mais uma hora para buscar a senha, totalizam cerca de cinco horas.

A reclamação é geral, pois a maioria dos clientes alega ter outras coisas a fazer. Entre os reclamantes encontramos a dona de casa Gláucia Ramos, que diz ter ido lá apenas para pedir revisão em uma de suas faturas que tem tido aumento abusivo. “Deixei meus filhos na escola e vim para cá. Como o atendimento demorou mais que o esperado, tive que pedir outra pessoa para busca-los”, reclama Gláucia.

Já o mecânico, Adaías Ferreira, disse ter ido várias vezes e não poder esperar, pois tem muito trabalho a fazer e teve que parar por todo um dia para resolver o problema. “Vim negociar parcelamento de conta, algo simples que pensei levar apenas alguns minutos”, disse Adaías.

Outro que se surpreendeu foi Gerson Feitosa, ele chegou assim que abriu o escritório e já se deparou com inúmeras pessoas em sua frente. “Pensei que iria ser um dos primeiros a ser atendido, mas, pelo que vejo, terei que almoçar aqui”, relatou Gerson, sugerindo que a CELPA deveria servir almoço para os clientes.

 

Mas brincadeiras a parte, o caso é sério, e perdura, parecendo não ter, por parte da concessionária, interesse em solucionar. Ninguém da administração do escritório local atendeu nossa equipe de reportagens, alegando não ter autorização para falar.
A única orientação dada foi que há muitos serviços que podem ser feitos sem ir ao escritório, usando o número de atendimento da CELPA: 0800-091-01-96.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também