Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Alunos da Rede Estadual de Ensino fazem manifestações nas ruas e Câmara de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Não é de hoje que o Governo do Estado do Pará, liderado por Simão Janete (PSDB) vem sendo alvo de críticas em quase todas as áreas, principalmente no interior do Estado.

Durante a tarde desta terça-feira (8), cerca de 100 estudantes que fazem o Ensino Médio na Rede Estadual de Ensino fizeram uma manifestação pelas ruas de Parauapebas e concluíram na Câmara Municipal de Vereadores.


Os discentes lutam por uma educação de qualidade, fato que em Parauapebas está muito longe de se tornar realidade, tendo em vista que a maioria das escolas da Rede Estadual funciona em prédios alugados, os chamados anexos, que não oferecem as mínimas condições para que os alunos possam receber aulas de qualidade.

Outro impasse que prejudica e muito os alunos da Rede Estadual é registrado entre professores e governo, tendo em vista que devido a greve da categoria, o ano letivo foi bastante prejudicado e também existem escolas que nem mesmo iniciaram as atividades deste ano, como por exemplo o Anexo da Escola Eduardo Angelim que fica localizado no Bairro Cidade Jardim.

Manifestação na Sessão

Enquanto vereadores participavam da Sessão Ordinária realizada na última terça-feira (8) na Câmara Municipal de Parauapebas, os alunos adentraram ao Plenário e munidos de apitos e muito barulho interromperam a reunião por alguns minutos, onde na oportunidade o Presidente da Casa de Leis cedeu 5 minutos para que na Tribuna os representantes dos estudantes se manifestassem.

Diante do microfone, o representante dos estudantes denunciou o descaso por parte do Governo do Estado do Pará e pediu a ajuda dos vereadores e Prefeitura de Parauapebas para que o Governador Simão Jatene fosse pressionado para que posteriormente os problemas apresentados pelos estudantes sejam solucionados o mais breve possível.

Por mais que o Ensino Médio seja de responsabilidade do Governo do Pará e não da Prefeitura de Parauapebas, a gestão municipal recebeu várias críticas por parte dos estudantes que na oportunidade fizeram o “grito de guerra” pedindo que o Prefeito Valmir Mariano (PSD) deixasse a administração de Parauapebas.

Reportagem e fotos: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também