Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Alunos de várias gerações concluem ensino fundamental pelo EJA PRO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Antonio Rodrigues dos Santos, 81 anos, foi um dos alunos que participaram da formatura de conclusão do ensino fundamental pelo programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), realizada na noite de sexta-feira (13) no ginásio poliesportivo. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), 560 alunos entre 16 e 81 anos, concluíram o nível escolar.

O aluno é prova de que “não existe idade para alcançar o sucesso”, como disse Euvilene Galvão, representante da Gestão Escolar, durante a formatura. Ao ser perguntado sobre esse feito, Antônio disse que “é muito bom saber ler e escrever. Foi um ano bem aproveitado. Agora vou fazer o ensino médio”.


Além do ensino fundamental, os alunos tiveram a oportunidade de receber qualificação profissional, pelo programa denominado EJA PRO. As turmas foram distribuídas entre os cursos de Logística e Ocupações Administrativas. O aluno Alex Silva Lima, 16 anos, diz que essa opção facilitou sua vida. “Eu estava atrasado nos estudos, com essa oportunidade concluí o ensino fundamental e ainda estou qualificado com o curso de logística. Aprendi muitas coisas que eu não tinha nem idéia”, destacou o jovem aluno.

Juliana Souza, secretária de Educação, disse que também foi aluna do EJA e elogiou o empenho e dedicação dos alunos, mas também dos educadores que se comprometeram com o desenvolvimento do trabalho. Ela também destacou a inserção da qualificação profissional no curso. “A educação melhora a vida de cada um e quando vem aliada à formação profissional agrega mais ainda. A busca de oportunidade deve fazer parte das nossas vidas”, reforçou Juliana.

Os cursos de qualificação profissional ocorreram por conta da parceria com a Fundação Vale, fundamental para o desenvolvimento do trabalho de acordo com a secretária de educação. Por meio dessa parceria, os professores e coordenadores do programa participaram de formação continuada ao longo de 18 meses, construindo o Projeto Político Pedagógico (PPP) e materiais didáticos.

Reportagem: Karine Gomes / Foto: Bariloche Silva

Publicidade

Veja
Também