Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Amigos fundam Moto Clube em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Hoje estamos aqui para fundar o Moto Clube”, disse com ênfase o presidente do Moto Clube Harpians (Live To Ride), Daniel Lopes, detalhando tratar-se de uma entidade que reúne famílias, compostas por pessoas de bem na sociedade.

O ato ocorreu com a entrega de camisetas e coletes, ambos personalizados e identificados com o nome do membro do clube; o que foi motivo para uma calorosa confraternização que contou com a presença de esposas e filhos dos motociclistas.


O grupo já praticava o motociclismo há 1 ano, porém agora com a fundação do clube tudo fica diferente, conforme explicou Daniel. “Surgem nossas responsabilidades, pois agora, identificados, a população terá a quem atribuir tanto as cosias positivas quanto as outras. Além disso temos desenhado projetos sociais que iremos desenvolver, pois não estamos aqui apenas para ‘tira onda’ em motos possantes, mas para contribuir com diversas coisas que estão a nosso alcance. As motos são apenas objetos que nos reúnem, mas o compromisso com a solidariedade é o que realmente nos une”, detalha.

Outro ponto positivo do Moto Clube Harpians, são os encontros de motociclismo que serão realizados, o que fomentará o comércio local, principalmente os segmentos como, por exemplo, hotéis e restaurantes. As parcerias com entidades filantrópicas estão também no projeto do grupo, devendo contempla-las com o apoio em campanhas.

O grupo, que conta com 14 membros efetivos, é formado por empresários, profissionais liberais e funcionários de diversas empresas que veem no motociclismo muito mais que uma forma de lazer, mas com a possiblidade de contribuir com diversas ações em favor da cidade e de pessoas menos favorecidas. Mas além dos membros efetivos tem outras que acompanham o grupo em passeios ciclísticos e apoia as ações por ele proposta, número que Daniel Lopes diz pretender aumentar.

Mas para fazer parte efetivamente do Moto Clube Harpians Live To Ride, como explicou Daniel, existem regras. Entre delas estão o respeito ao trânsito, não conduzir sob efeito de bebidas alcoólicas, boa índole, união com a família e respeito às autoridades. “Mais importante que a moto é quem a conduz; e se este quer se reunir com os amigos trazendo a família para participar da vida da comunidade será bem-vindo ao Moto Clube Harpia”, resume Daniel.

Reportagem: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também