Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Apesar da pandemia, Dia de Finados movimenta cemitérios em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após 21 anos de funcionamento, período em que já recebeu aproximadamente 12 mil corpos, o Cemitério de Parauapebas (Jardim da Saudade) recebeu na manhã desta segunda-feira, 2, milhares de visitantes.

O motivo do interesse em ir ao local é pelo fato de que neste dia se comemora o Dia de Finados, momento em que familiares e amigos costumam visitar os túmulos levando flores, acendendo velas e fazendo preces pelas almas de seus entes queridos. “Esse ano, devido à pandemia do novo Coronavírus notamos um número menor de pessoas”, mensurou Juvenal Lima, Coordenador do cemitério, dando por novidade apenas a disponibilização de álcool em gel nas duas entradas do logradouro.


Juvenal Lima

 

Outa mudança na programação do Dia de Finados foi a suspenção da celebração das missas que todos os anos são realizadas na capela do cemitério pela Igreja Católica. “A recomendação de que a missas não fossem celebradas nas capelas foi para evitar aglomeração. Por isso, elas foram realizadas igrejas, onde fica mais fácil manter o distanciamento social”, explicou padre Hudson Rodrigues, pároco na Paróquia Cristo Rei, detalhando ser essa uma tradição confortadora para os parentes e amigos e o rezar pelas almas dos que foram espera melhorar sua condição espiritual enquanto aguardamos encontrar com elas.

 

O Dia de Finados é também momento para que algumas pessoas faturem uma grana extra com a venda de insumos necessários para a visita ao túmulo dos parentes, vendendo, por exemplo, flores, coroas de flores, velas etc. “Apesar da pandemia, o movimento está ótimo e não notei diminuição na presença de visitantes”, avalia a florista Maria das Graças Mendes, contando que, todos os anos, começa a produzir as coroas no início do mês de outubro e nos demais meses só fabrica sob encomenda.

Maria das Graças Mendes

 

No local se notou também a presença de vendedores de lanches e ainda de religiosos fazendo evangelização através da distribuição de folhetos e hinos.

No Cemitério Jardim Eterno, localizado no Bairro Rio Verde, que se encontra desativado e só realiza sepultamento em sepultura de familiares ali enterrados, muitas pessoas também estão fazendo suas visitas durante esta segunda-feira (2), feriado em todo o Brasil.

Publicidade

Veja
Também