Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Apesar das reclamações, gerência dos Correios afirma que opera de forma normal em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Natanael Batista, gerente do Centro de Distribuição Domiciliar (CDD) dos Correios em Parauapebas, concedeu entrevista exclusiva ao Portal Pebinha de Açúcar para rebater boatos de que as entregas haviam sido paralisadas por falta de combustível.

De acordo com ele, quem está esperando alguma encomenda que já está no CDD pode ficar tranquilo, que chegará em suas mãos entregues pelos Correios. “Nossos clientes pode acompanhar através de nosso site com o rastreador que é gerado no ato da postagem”, explica Natanael Batista, mensurando que a carga que tem no CDD é apenas o resíduo que retorna em virtude de não encontrar o destinatário, ou da ausência dele no ato do recebimento.


 

Natanel afirma que o CDD está com o estoque de carga zerado, pois, desde o dia 22 não chegou mais carga. Quanto a recepção de novas postagens, as agências estão abertas para receber, sendo uma opção do cliente esperar que o despacho seja feito depois da desobstrução total das vias. “Temos SEDEX encaminhados desde o dia 16, a chegar no CDD de Parauapebas, ficando represado entre Belém e Marabá. Quando esta carga chegar a Parauapebas será uma grande movimentação, devendo o cliente aguardar em seu endereço, não sendo necessário procurar ao CDD, mas apenas acompanhar através do sistema”, orienta Natanael.

Quanto aos serviços dos Correios em Parauapebas, Natanael diz que melhorias deverão ser feitas no CDD para corrigir os problemas deixados pelo incêndio ocorrido no dia 19 de janeiro deste ano.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha e Açúcar

Publicidade

Veja
Também