Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Aplicativo e-Parauapebas é lançado oficialmente pela gestão municipal

Ainda neste mês, a população de Parauapebas poderá baixar um aplicativo no celular que irá modificar completamente a forma de atendimento público aos cidadãos de todo o município, nas zonas urbana e rural, com a desburocratização e agilidade de acesso aos serviços públicos.

Trata-se do e-Parauapebas, lançado nesta quinta-feira, 31, no teatro do Centro Cultural, com apresentação do aplicativo pelo diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação (Dtic) do município, Emanuel Rodrigues, e por Alex Wiese, diretor de Tecnologia da Dataway, empresa presente em mais de 200 municípios brasileiros.

Na frente de honra do lançamento do e-Parauapebas, o vice-prefeito João do Verdurão; o secretário especial de Governo, Keniston Braga, e a adjunta Andréia Lima; o secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeiras, e o adjunto Paulo Vilarinhos; e os vereadores Zacarias Marques, líder do Governo na Câmara Municipal, Francisco Eloécio, Leandro do Chiquito e Miquinhas.

Aos presentes, Emanuel Rodrigues e Alex Wiese destacaram: o aplicativo é apenas o início de uma nova era em Parauapebas, começará disponibilizando 20 serviços e irá complementar o Sistema Integrado de Gestão da Saúde do município. “Acredito que será um divisor de águas no município”, disse Wiese.

E será, garantiram Keniston Braga e Gilberto Laranjeiras. A começar pela área da Saúde. Com o aplicativo, os usuários não precisarão mais se dirigir às Unidades Básicas, UPA e hospitais para agendar consulta. E não haverá mais necessidade de preparar vários prontuários para um único paciente porque estará tudo no sistema. Isso, apenas para citar alguns exemplos de como funcionará o e-Parauapebas.

“Daqui a um ano, Parauapebas vai sentir a diferença”, ressaltou Gilberto Laranjeiras. “Hoje, nós temos condições de pensar, sonhar e executar essa tarefa de modernizar tecnologicamente a nossa gestão”, assegurou Keniston Braga, que desde 2021 tem trabalhado sobre o projeto para transformação de Parauapebas em cidade inteligente.

Novos equipamentos e wi-fi social

Para que a população comece a conhecer e a acessar o e-Parauapebas, Emanuel Rodrigues informou que, num primeiro momento, serão instalados 60 totens (painéis digitais) nas UBS, UPA e Hospital Geral de Parauapebas.

Como parte da modernização tecnológica, somente para a área da saúde foram adquiridos 300 novos computadores e 60 aparelhos de TVs para as Unidades Básicas. “Hoje, nós estamos modificando toda a nossa base de infraestrutura de rede. Adquirimos equipamentos novos, um data center grande, suítes e roteadores que serão colocados nas escolas e nas UBS para melhorar a qualidade mínima possível (da internet)”, relatou o diretor do Dtic.

Com o aplicativo, vem outra ótima notícia para a população. A exemplo do que fez na zona rural, interligada pelo “Vilas On-Line”, a prefeitura irá espalhar pontos de internet por toda a cidade: é o Wi-fi Social. “Nós temos 141 pontos de convivência, que vão ter wi-fi livre pela cidade. Então, o cidadão poderá baixar o e-Parauapebas”, adiantou Emanuel Rodrigues.

Parauapebas: primeira cidade digital do Pará

De oito a 12 meses. Esse é o prazo projetado pelo Dtic para transformar Parauapebas na primeira cidade digital do Pará. Pela iniciativa e investimentos que vêm sendo realizados, Parauapebas está ao lado de mais 15 cidades de outros Estados escolhidas pelo governo federal para fazer parte de um projeto-piloto, realizado em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O projeto irá medir a maturidade digital desses municípios e, dependendo do resultado, o BID irá disponibilizar recursos para mais investimentos em tecnologia. “O objetivo do projeto é transformar uma cidade digital numa cidade inteligente e mais humana”, disse Emanuel Rodrigues.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário