Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Após desastre em MG, Governo do Pará fará verificação urgente das barragens existentes no estado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O governador Helder Barbalho lamenta profundamente a tragédia que assola a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, e coloca o Estado do Pará à disposição para ajudar, principalmente a família da paraense Lenilda Cavalcante Andrade, que está desaparecida desde o rompimento da barragem.

Hoje cedo, o chefe do poder executivo ligou para o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Mauro Ó de Almeida, para pedir verificação urgente das barragens existentes em território paraense. Helder quer ações de prevenção e planejamento que possam deixar o Pará em uma situação tranquila e segura. Um grupo de trabalho será criado para acompanhar todo esse processo de verificação e análise. Atualmente, segundo o cadastro do Departamento Nacional de Produção Mineral, o Estado tem 66 barragens, duas consideradas de alto risco. As demais estão categorizadas como de baixo risco.


“Esses exemplos que estão acontecendo em outros lugares devem nos servir como referência para que possamos agir com prevenção e planejamento. Já solicitei iniciativas imediatas que evitem surpresas com episódios lamentáveis e dramáticos como estes que estamos assistindo nesse momento em Minas Gerais”, ratificou o governador.

Preventivamente, a Semas já está alertada e autorizada em coordenar, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração, Energia e Turismo (Sedeme), estratégias para agir nesse contexto. É preciso levar em consideração que, apesar das atividades mineradoras serem semelhantes nos estados, as situações geográficas entre ambos são diferentes.

Publicidade

Veja
Também