Após não retornar à prisão ao ser liberado no Dia das Mães, “Loirinho” volta a ser preso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Fugitivo do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, de onde saiu via induto relativo ao Dia das Mães, Marcelo Gleison Cardoso, vulgo “Loirinho da Rua do Meio”, foi flagrado na prática de tráfico de entorpecentes e retornou ao xadrez.

O fato se deu quando o fujão transportava, no fundo da cueca, uma pedra de crack; o itinerário de “Loirinho” era Marabá, de onde vinha de van, até Parauapebas, onde praticaria o tráfico; porém, graças à denúncia anônima feita via Disk Denúncia, a polícia chegou ao meliante e, ao revistar, comprovou a veracidade dando lhe voz de prisão e conduzindo-o à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.


 

Ao checar o nome do flagrado descobriu-se então tratar-se de um fugitivo que deverá ser recambiado para concluir sua pena, levando consigo o agravante que é tráfico de entorpecentes.

Reportagem: Francesco Costa | Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

veja também