Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Após praticar assalto no Cidade Jardim, um jovem é morto a tiros e outro baleado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a noite da última segunda-feira (30), mais uma vez os moradores do Bairro Cidade Jardim ficaram assustados com a onda de criminalidade que teima em imperar na localidade. Dessa vez, mais dois jovens foram baleados após ter cometido, de acordo com a Polícia, ação criminosa, sendo que um morreu e o outro se encontra internado no Hospital Municipal de Parauapebas.

De acordo com informações repassadas à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar pelo Policial Militar Holanda, a dupla composta por um maior de idade e um adolescente de 17 anos, havia acabado de realizar um assalto a um transeunte, quando foi surpreendida por homens que estavam em um veículo preto, instante em que passaram a persegui aos assaltantes e ao alcançá-los, efetuaram vários disparos na dupla que estava ocupando uma moto Honda FAN vermelha de placa OTC-8486, Parauapebas-PA.


Ainda de acordo com informações do PM, o caso aconteceu por volta das 20h30, no cruzamento das Avenidas V, com W, na 5ª etapa do Bairro Cidade Jardim.

Atingindo no abdômen, os homens caíram da moto a um quarteirão do local aonde haviam acabado de cometer o crime, sendo que o jovem identificado por Adriano de Sousa Oliveira, de 18 anos, que pilotava a moto, morreu na hora, enquanto que o garupa, que havia caído mais um pouco atrás, atingido por quatro disparos, foi socorrido pelo SAMU e levado para o hospital, onde foi operado para a retirada das balas.

Adriano de Sousa em foto de documento
Adriano de Sousa em foto de documento

Edilson Oliveira Batista, 35 anos, vítima da dupla baleada, contou para a reportagem que minutos antes de ser abordado pelos assaltantes, ele, esposa e filhos caminhavam pela rua V-04, a dois quarteirões do local onde Adriano Sousa foi morto, quando percebeu a dupla passar na moto e logo em seguida os mesmos retornaram e anunciaram o assalto, tomando o celular dele. “Entreguei meu celular para eles, mas não percebi se eles estavam ou não armados, sendo que cinco minutos depois, me deparei com um morto e o outro ferido, então reconheci que tinha sido eles que haviam me assaltado”, ressaltou Edilson.

A reportagem tentou conversar com o pai de Adriano Sousa, porém o mesmo não quis falar sobre o ocorrido.

Vale observar que no último sábado (28), outros dois jovens foram mortos a tiros também no Bairro Cidade Jardim após praticarem “arrastões” na localidade. De acordo com informações obtidas por populares, um carro preto também estava nas proximidades.

Dupla II (8)

Reportagem: Caetano Silva – Freelancer

Publicidade

Veja
Também