Após prisão de funcionários em Parauapebas, Imetro Pará divulga Nota de Esclarecimento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Sobre a denúncia de concussão cometida por funcionários do Instituto de Metrologia do Estado do Pará (Imetropará), em Parauapebas, pela Polícia Civil, que ocorreu na tarde da última quarta-feira (9), o Imetro informa que apoia a operação e irá acompanhar o desenvolvimento das investigações, prestando todo o suporte necessário aos esclarecimentos dos fatos.

Paralelamente, a direção do órgão já determinou que seja instaurado Processo Administrativo Disciplinar, para que as condutas sejam devidamente apuradas, resguardando o devido processo legal, na forma da Lei nº 5.810, de 24 de janeiro de 1994, que trata do Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, das Autarquias e das Fundações Públicas do Estado do Pará.


Cabe esclarecer, ainda, que os funcionários são da esfera estadual, não havendo qualquer vínculo trabalhista com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), órgão do Governo Federal”.

O instituto destaca que a sua missão é prover confiança à sociedade paraense nas medições e nos produtos, através da metrologia e da avaliação da conformidade. E é composto por servidores comprometidos com a ética e o profissionalismo, que trabalham para melhor atender a sociedade paraense . Denúncias também podem ser feitas à Ouvidoria do órgão através do telefone 0800 280 1919″.

Publicidade

veja também