Após publicação de pesquisa eleitoral de Canaã, Pebinha de Açúcar sofre ataque de hackers

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a manhã desta sexta-feira (28), o Portal Pebinha de Açúcar AQUI publicou o resultado de uma pesquisa eleitoral feita pelo Instituto Doxa no município de Canaã dos Carajás e registrada na Justiça Eleitoral sob o nº PA-04330/2020. Em poucos minutos o site sofreu ataques praticados hackers e ficou durante boa parte do dia com instabilidade, deixando milhares de internautas que procuram o veículo de comunicação todos os dias, desinformados sobre os acontecimentos de Parauapebas, Pará, Brasil e Mundo.

O servidor que hospeda o Portal Pebinha de Açúcar foi avisado sobre o erro em acessar a página na web, que por sua vez, enviou comunicado para a direção da empresa de comunicação, informando que o site sofreu um ataque identificado pelo servidor, e que em minutos conseguiu reverter a situação, colocando a página de forma instável no ar até que os problemas de segurança fossem resolvidos.


Há mais de 13 anos no ar, sediado em Parauapebas, o Portal Pebinha de Açúcar se tornou um dos principais veículos de comunicação do Estado do Pará, obtendo a média diária de cerca de 50 mil acessos únicos. Só no Facebook, o Portal tem aproximadamente 270 mil seguidores, contando com mais de 51 mil no Instagram e mais de 90 mil inscritos no YouTube.

Bariloche Silva, CEO do Portal Pebinha de Açúcar, afirma que o ataque sofrido pelo veículo de comunicação é covarde. “Infelizmente ainda existem alguns grupos baixos que tentam de todas as formas prejudicar as pessoas, e nesse caso, milhares dela foram afetadas, afinal, nosso site recebe dezenas de milhares de acessos todos os dias, e hoje, esses internautas que sempre buscam informações sérias ficaram sem poder acessar o nosso veículo de comunicação”, relatou o jornalista, que ainda na manhã desta sexta-feira registrou um Boletim de Ocorrência e solicitou ao Superintendente Regional de Polícia Civil, Delegado Thiago Carneiro, que conduzisse as investigações para que os criminosos envolvidos no ataque sejam identificados e que possam responder pelos seus atos criminosos.

Por sua vez, Superintendente informou que a Delegada Vanessa Lee, titular da Divisão de Crimes Tecnológicos já tem ciência do crime e sua equipe irá abrir um inquérito policial para apurar o caso.

Publicidade

veja também