Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Após ter sido abandonado, Projeto Pipa é reinaugurado e volta a atender crianças a adolescentes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Fotos: Bariloche Silva | Portal Pebinha de Açúcar

Criado em 1989, com o nome Projeto Barriga Cheia, foi transformado em 2005 em Centro de Educação da Criança e Adolescente; porém, em 2006, primeiro mandato do prefeito Darci Lermen, foi transformado em Projeto Pipa, quando chegou a atender em média 700 crianças.
Em 2013, quando Darci já havia concluído seus dois mandatos consecutivos, mudou-se a nomenclatura para CRIAR. Porém, em 2015, o projeto teve suas atividades interrompidas.

Assim, neste dia 22 de março, as atividades foram retomadas no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (PIPA), que estava abandonado pela gestão anterior, porém, passou por uma grande reforma e readequações. O evento de reinauguração e reativação contou com a participação de diversas autoridades dos poderes executivo e legislativo, além de representantes de entidades voltadas ao atendimento de crianças e adolescentes.


Sendo um conjunto de ações que materializam a assistência social com famílias realizado em grupo de acordo com seu ciclo de vida, o Projeto Pipa busca prevenir as situações de risco social e, além disso, fortalece as relações familiares e comunitárias promovendo a integração e a troca de experiências entre os familiares participantes, valorizando o sentido de vida coletiva.

Inicialmente serão atendidas no Projeto Pipa cerca de 250 crianças e adolescentes referenciadas pelo CRAS dos Minérios, com oferta de atividades socioeducativas e oficinas de karatê, futebol, danças regionais, xadrez, hip-hop, jiu-jitsu, além da breve inserção de oficinas de informática, bordado e crochê, corte e costura, desenho e pintura.

 

O ato de reinauguração se deu em um evento recheado de apresentações musicais apresentadas por coral de crianças assistidas pelo PIPA, além da apresentação de ex-alunos assistidos pelo projeto e a execução de música feita pela Banda da Guarda Municipal.

O prefeito Darci Lemen fez um discurso contundente, destacando a importância na formação de crianças e jovens do município. “Esse é um sonho realizado. O PIPA busca formar cidadãos prevenindo nossas crianças e adolescentes de envolvimento com situações de risco social. É um local onde a comunidade poderá desfrutar dos serviços promovendo a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva”, afirmou.

Publicidade

Veja
Também