Single Posts
Confirmados
26.267
Single Posts
Recuperados
15.327
Single Posts
Óbitos
177

 Publicidade

Após várias denúncias, Correios iniciam auditoria no Centro de Distribuição de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Após várias denúncias, Correios iniciam auditoria no Centro de Distribuição de Parauapebas

O Centro de Distribuição Domiciliária (CDD) dos Correios em Parauapebas está passando por uma auditoria desde a última terça-feira (08), realizada por funcionários da empresa que atuam na capital Belém. Segundo um dos colaboradores, denúncias referentes a problemas no atendimento no CDD, localizado no Bairro Beira Rio, chegaram à Administração Central dos Correios em Brasília.

O atendimento no local é motivo de queixas diárias de usuários, João Miranda, relata que não consegue receber encomendas em seu endereço e precisa sempre ir pessoalmente retirar, mesmo pagando para receber em seu domicílio.


O técnico em informática, Vanildo Souza, reclama que uma compra feita pela internet já estaria disponível em Parauapebas para ser retirada oito dias antes, mas mesmo assim não estava sendo possível ter acesso ao pacote. Além disso, outro problema refere-se às informações que os usuários não conseguem obter.

Tendo em vista estes problemas em grande número, os Correios elaboraram um plano de ação integrada nas unidades operacionais Sul e Sudeste do Pará, principalmente Marabá e Parauapebas. O objetivo em Parauapebas é em pelo menos dois meses sanar carências e deficiências no CDD e reestruturar o sistema operacional com mais funcionários e aumentar de duas para quatro horas o horário de atendimento.

No município, diariamente chegam cerca de 12 mil unidades entre pacotes e correspondências, a demanda é considerada pequena, de modo que as mudanças que vêm sendo implantadas são exclusivamente sobre a logística e o atendimento.

Os usuários passam horas nas filas e chegam já no início da manhã todos os dias para retirar encomendas. A inspeção, segundo os colaboradores, é também para tornar extintas as filas, muitas das vezes provocadas pela deficiência na entrega de correspondências.
Segundo a empresa, as medidas visam melhorar o atendimento à população.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em nota enviada à equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, a Assessoria de Imprensa dos Correios afirmou:

No tocante ao funcionamento do Centro de Distribuição Domiciliária (CDD) de Parauapebas, os Correios fizeram o levantamento de suas principais demandas, agilizando a tomada de providências para o melhor atendimento da população, de tal modo que diversas delas já tiveram a solução aplicada, tais como transporte, estrutura gerencial, suprimento de materiais, equipamentos de informática, entre outras.

A empresa também já elaborou um “Plano de Ação Integrada” a ser aplicado nas unidades operacionais das regiões Sudeste e Sul do Pará, tendo como foco inicial as cidades de Marabá e Parauapebas. O plano prevê ações de médio e longo prazos, com um processo contínuo de acompanhamento, avaliação e adoção de medidas para as principais necessidades de cada unidade dos Correios nas localidades.

No dia 08/11, tiveram início as ações técnicas para avaliar o dimensionamento e estruturação dos trabalhos operacionais no CDD Parauapebas, responsável pela distribuição de cartas e encomendas destinadas ao município. Esse trabalho contará com esforços das áreas administrativa e operacional da empresa no Estado a fim de solucionar as situações geradoras de carências, conflitos e deficiências no CDD”.

Reportagem: Jéssica Diniz / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também