Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Após visita ao HGP e Pronto-Socorro, vereadores vão elaborar plano de ação para apresentar ao poder executivo

Na manhã da última segunda-feira (22), os vereadores realizaram uma visita ao Hospital Geral de Parauapebas (HGP), ao Pronto-Socorro e a Maternidade Municipal.

A vistoria nas unidades de saúde foi realizada pelo presidente da Câmara Municipal de Parauapebas (CMP), Rafael Ribeiro, e pelos vereadores Leo Márcio (presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social da CMP); Israel Miquinha (presidente da Comissão de Direitos Humanos da CMP); Leandro do Chiquito, Josivaldo da Farmácia, Josemir Silva, Zé do Bode, Luiz Castilho, Francisco Eloecio, Zacarias Marques, Anderson Moratório e Eliene Soares, acompanhados do secretário municipal de Saúde, Alan Palha.

Durante a visita, os representantes puderam observar as demandas e desafios enfrentados pelas unidades hospitalares, além de ouvir as sugestões e preocupações dos pacientes, equipe médica e demais colaboradores.

Essa iniciativa demonstra o comprometimento dos vereadores em entender as necessidades da área da saúde em Parauapebas e buscar formas de contribuir para a melhoria do atendimento à população. A visita às unidades de saúde serviu como uma oportunidade para estreitar os laços entre os legisladores, população e profissionais que atuam na linha de frente do sistema de saúde municipal.

Segundo o presidente da CMP, o primeiro passo para enfrentar as questões da Saúde será a execução de um plano de ação, elaborado em breve em uma reunião ainda esta semana. “Vamos definir as ações emergenciais, levantar os custos e a maneira de como resolver. A partir daí, nós buscaremos dar as condições necessárias para resolver a situação em um curto espaço de tempo. A situação requer urgência”.

O vereador Léo Márcio acrescentou que após a elaboração do plano de trabalho, ele será apresentado para a Associação de Saúde, Esporte, Lazer e Cultura (Aselc), Organização Social de Saúde (OSS) que administra o HGP. “Percebemos aqui que a administração está muito solta”. O presidente da Comissão de Saúde da CMP informou que a empresa tem até o próximo dia 28 para comunicar se vai continuar ou não na gestão do HGP e o contrato com o município encerra no dia 3 de julho.

Miquinha enfatizou que sempre foi contra a terceirização do hospital, mas concordou que o momento é de buscar soluções. “Não vamos tentar, vamos resolver”, destacou.

Alan Palha agradeceu a visita dos vereadores. “Foi bom vocês virem para ver os problemas que estamos enfrentando. Juntos vamos trabalhar para resolver os problemas”.

A vereadora Eliene Soares alertou para a necessidade de cobrar a participação do Governo Estadual, para que assuma a responsabilidade pelos atendimentos de alta complexidade. “Se eles assumirem a alta complexidade, a gente vai poder cuidar muito mais da atenção básica”, explicou.

Por fim, Rafael Ribeiro informou que também buscará apoio do Governo Federal. Já conversou com o senador Beto Faro e com o Ministro do Turismo, Celso Sabino, com o intuito de fortalecer o orçamento da Semsa. “Vamos marcar uma ida a Brasília para conversar e ir até a Ministra da Saúde, para trazer recursos federais também”, concluiu.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
4
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário